Com gol aos 50 do segundo tempo, Chapecoense ganha de virada do Grêmio Diego Vara/Agencia RBS

Foto: Diego Vara / Agencia RBS

Vitória espetacular da Chapecoense fora de casa. Em 45 minutos, o Verdão marcou três gols e conseguiu arrancar três pontos do Grêmio, resultado que praticamente garante o time na Série A. O clube do Oeste estava perdendo por 2 a 0 até os 11 minutos do segundo tempo, quando Túlio de Melo diminuiu de pênalti. O gol deu força para o Verdão, que já era melhor na partida. Foi assim, na insistência, que Túlio empatou a partida aos 32 minutos do segundo tempo. Aos 50 minutos, no último lance do jogo, Apodi fez o gol da virada.

Leia mais sobre a Chapecoense
Confira a tabela da Série A

O resultado da Chape também passa pelas experientes mãos de Nivaldo. O goleiro de 40 anos entrou ainda no primeiro tempo depois que o goleiro Sílvio se chocou com Bobô, no segundo gol do Tricolor gaúcho, e teve que deixar o campo por causa de uma suspeita de uma fratura no nariz.

O primeiro tempo do Verdão não foi dos melhores. A começar pela falha de Sílvio aos cinco minutos. Douglas arriscou de fora da área e a bola foi no meio do gol, porém, o goleiro da Chapecoense não conseguiu fazer a defesa.



O tento do Grêmio levou o time catarinense a sair mais para o jogo e a deixar espaços. E foi em um contra-ataque que a equipe da casa chegou ao segundo gol. Cruzamento de Galhardo para o centroavante Bobô desviar na pequena área.

O intervalo parece que fez muito bem para o Verdão. O técnico Guto Ferreira corrigiu os erros e colocou o volante Gil para aumentar a marcação. A mexida funcionou e fora de casa a Chapecoense passou a pressionar o Grêmio. Aos 10 minutos do segundo tempo, Apodi invadiu a área e foi derrubado por Erazo. Túlio de Melo cobrou o pênalti e diminuiu para a equipe catarinense.

O gol deu fôlego ao Verdão e o time cresceu. Assim, aos 32 minutos Maranhão encontrou Túlio, que de cabeça empatou. Antes do apito final, o zagueiro Vilson foi expulso pela arbitragem depois de um empurra-empurra dentro da área.

Com um homem a menos, a Chapecoense ainda teve fôlego para virar. Aos 50 minutos do segundo tempo Apodi foi lançado e no contra-ataque fez o derradeiro gol do Verdão, após um belo chute no canto de Grassi.

Com a vitória, o time do Oeste chega aos 38 pontos e agora está a duas vitórias de garantir a permanência na Série A. 

FICHA TÉNICA

GRÊMIO (2)

Bruno Grassi; Rafael Galhardo, Pedro Geromel, Erazo, Marcelo Oliveira; Walace, Maicon (Braian Rodriguez), Douglas, Giuliano; Luan (Yuri Mamute) e Bobô (Pedro Rocha)

Técnico: Roger Machado

CHAPECOENSE (3)

Silvio (Nivaldo); Apodi, Vilson, Thiego, Dener Assunção; Elicarlos (Gil), Cleber Santana, Camilo (Wanderson); Wiliam Barbio, Túlio de Melo e Maranhão

Técnico: Guto Ferreira

Gols: Douglas (G), aos cinco, e Bobô (G), aos 33 minutos do 1º tempo. Túlio de Melo (C), aos 11 e aos 32, e Apodi (C), aos 50 minutos do 2º tempo
Cartões amarelos: Pedro Geromel e Erazo (G); Cleber Santana e Apodi (C)
Cartão vermelho: Vilson (C)
Arbitragem: Luiz Flávio de Oliveira, Rogerio Pablos Zanardo e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (trio de SP)
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre

Clique na imagem e acesse o Guia Online do Campeonato Brasileiro
Guia Online do Campeonato Brasileiro

DIÁRIO CATARINENSE - Chapecó
 DC Recomenda
 
 Comente essa história