Contra o Bahia, técnico do Criciúma pretende manter o time que venceu o Ceará Fernando Ribeiro/www.criciuma.com.br

Foto: Fernando Ribeiro / www.criciuma.com.br

Quando Roberto Cavalo chegou ao Criciúma, na última semana, ele tinha o desafio de montar um time que resgatasse a confiança e as vitórias. Sem sete jogadores experientes, como Neto Baiano e Guilherme Santos, que foram dispensados o treinador apostou em uma equipe com três atacantes e atletas das categorias de base.

Veja outras notícias do Criciúma
Confira a tabela e a classificação da Série B

Com um ataque formado por Tiago Adan, Hugo e Bruno Lopes, o Tigre conseguiu vencer o Ceará por 3 a 0. Resultado que deixou o clube mais tranquilo em relação a zona de rebaixamento.

O bom futebol do time e o ótimo resultado fazem o técnico pensar em repetir o time contra o Bahia, na terça-feira às 21h, na Arena Fonte Nova.

— Se eu tirar o Douglas (Moreira) para colocar o Wellington (volante) estou fazendo uma coisa errada. A mesma coisa se tirar o Barreto ou um atacante. Sou daqueles que acredita que time que está vencendo não se mexe. Mas tenho que ver o desgaste dos atletas. O Bruno (Lopes) não jogava a muito tempo e pode sentir — explicou Roberto Cavalo.

O time não será exatamente igual contra o Bahia porque o zagueiro Adalberto deixou o campo ainda no primeiro tempo com uma lesão na coxa esquerda e assim desfalca o time. Se decidir manter a equipe que venceu o Ceará, o treinador deve levar a campo: Luiz; Maicon Silva, Joílson, Wanderson, Cristiano; Barreto, Douglas Moreira, Dudu; Hugo, Bruno Lopes e Tiago Adan.

Clique na imagem e acesse a tabela da Série B:
Tabela Série B
DIÁRIO CATARINENSE
 Veja também
 
 Comente essa história