Em dia ruim para Mineirinho, Medina e Toledo avançam em Portugal Poullenot/WSL

Medina durante a round 1 em Peniche

Foto: Poullenot / WSL

O swell finalmente chegou na praia de Cascais e, após três dias consecutivos sem competição, a etapa de Peniche, em Portugal, iniciou nesta sexta-feira. E não começou bem para os brasileiros.

Neymar e Gabriel Medina atuam juntos em propaganda

Dos nove surfistas representantes da Brazilian Storm que disputam o penúltimo evento da temporada, apenas dois se classificaram para o 3º round: Filipe Toledo e Gabriel Medina. Em uma bateria verde e amarela, Filipinho venceu Tomas Hermes e Jadson André após aplicar um aéreo de 8.17 pontos. Já Medina travou uma disputa acirrada com o compatriota Miguel Pupo e o havaiano Mason Ho, vencendo com uma somatória de 14 pontos.

Assista o aéreo de Felipe Toledo no Round 2:


Imagens: Divulgação/WSL

Medina brilha, vence na França e conquista sua primeira etapa em 2015

O restante dos brasileiros não foi bem. Além Pupo, Hermes e Jadson; Caio Ibelli, Italo Ferreira, Wiggolly Dantas e Mineirinho também ficaram pelo caminho e terão que disputar a repescagem (Round 2).

Para se manter vivo na disputa pelo título, Mineirinho — segundo colocado do ranking — precisa avançar. Com 16.27 pontos, o brasileiro foi surpreendido pelo português Frederico Morais que venceu a bateria com um somatório de 16.43 pontos. Adriano de Souza também viu o australiano Mick Fanning, líder do ranking, vencer e seguir firme na busca pelo tetracampeonato no Circuito Mundial de Surfe.

VÍDEO: com um tubo perfeito, Medina vai à final na França

Assista ao flip que Medina aplicou no Round 1:


Imagens: Divulgação/WSL

VÍDEO: surfista "gaúcha-havaiana" pega onda perfeita e tira nota 10 na França



*ZHESPORTES
 Veja também
 
 Comente essa história