Em jogo morno, Grêmio empata com o Vasco no Maracanã Celso Pupo/Fotoarena/Lancepress!

Foto: Celso Pupo / Fotoarena/Lancepress!

Pouco inspirado, o Grêmio jogou o suficiente para garantir um 0 a 0 com o Vasco no Maracanã. Com o ponto somado, a equipe de Roger Machado segue em terceiro lugar e mantém uma distância de seis pontos para os concorrentes ao G-4. O próximo jogo será contra o Flamengo, no próximo domingo, na Arena.

Confira a tabela do Brasileirão

De volta ao gol do Grêmio, Marcelo Grohe teve de mostrar serviço desde o início do jogo. Com um Vasco bem postado taticamente, a equipe de Roger recorreu ao recurso da falta. A um minuto, Walace chegou atrasado na dividida, recebeu o terceiro amarelo e estará suspenso contra o Flamengo na próxima rodada.

Relembre os lances da partida

A três minutos, Nenê levantou bola na área e Leandrão, um pouco desajeitado, mandou por cima. No minuto seguinte, Mádson escapou pela direita, mas Marcelo Oliveira conseguiu desarmá-lo.

O Grêmio tentou explorar a bola aérea. Na primeira chegada, a oito, Douglas cruzou e Leandrão jogou pela linha de fundo. Em uma sequência de quatro escanteios, o mais próximo do gol foi em que o centroavante do Vasco quase desviou contra a própria meta.

O gramado irregular do Maracanã, principalmente na ponta esquerda do ataque gremista, prejudicava. Mas foi por ali que, aos 17, Giuliano criou boa jogada e serviu Bobô, que não aproveitou a chance e foi abafado pelo goleiro Martín Silva.

O Vasco respondia com contragolpes rápidos. A 23 minutos, Leandrão recebeu belo passe e mandou, de primeira, por cima. O Grêmio respondeu com boa arrancada de Walace, que invadiu a área e cruzou rasteiro. Mas Bobô, novamente, chegou atrasado no lance.

Outro recurso utilizado pelo Vasco, que dificultava a saída de bola do Grêmio, foi o arremate de fora da área. Foram três tentativas: duas com Nenê, defendidas por Grohe, e outra de Andrezinho, que finalizou ao lado do gol.

No final do primeiro tempo, em uma verdadeira blitz, o Vasco teve três chances perigosas. A 38, Nenê, de movimentação intensa, levantou bola para Rodrigo, que concluiu por cima. Aos 40, Nenê cobrou falta e Maicon cabeceou para trás, no travessão de Grohe. A 44 foi a vez de Leandrão, que recebeu na entrada da área e concluiu sem força.

Sem alterações no intervalo, o Grêmio seguiu pressionado pelo Vasco. A dois minutos, Christianno tabelou com Jorge Henrique e finalizou de primeira para a defesa de Grohe. A quatro, o goleiro protagonizou defesa monumental: após bela jogada de Julio dos Santos, que passou de peito para Nenê, o camisa 1 gremista provou estar recuperado de lesão do ombro e evitou um gol certo.

Aos 10 minutos, o Grêmio reagiu. Após cruzamento de Marcelo Oliveira, Giuliano pegou de primeira, na entrada da área, e obrigou Martín Silva a fazer grande defesa. Dois minutos depois, foi a vez do capitão Maicon, que dominou na intermediária e mandou um chute rasteiro e venenoso, raspando a trave vascaína.

Para dar mais velocidade, o técnico Roger Machado mandou o garoto Everton a campo, sacando Bobô. A 21, Douglas fez belo passe para Pedro Rocha, que se atrapalhou com a bola dentro da área e não conseguiu finalizar. E a 25, na melhor chance do Grêmio na partida, Maicon driblou Rodrigo na ponta direita e ingressou livre na área. Porém chutou rasteiro e Martín Silva defendeu com o pé direito.

Nos minutos finais, o Grêmio buscou o gol da vitória. Aos 41, Galhardo recebeu na entrada da área e finalizou com força, para grande defesa do goleiro do Vasco. No minuto seguinte, Everton fez grande jogada pela esquerda e cruzou para Fernandinho, que errou a cabeçada e mandou por cima. Ao final, o 0 a 0 ficou de bom tamanho no Maracanã.

Acompanhe o Grêmio no Brasileirão através do Gremista ZH. Baixe o aplicativo:

App Store

Google Play

*ZHESPORTES
 Veja também
 
 Comente essa história