Família de Schumacher já gastou R$ 65 milhões em tratamento do ex-piloto DIMITAR DILKOFF/AFP

Foto: DIMITAR DILKOFF / AFP

Sem sinais de melhoras significativas nos últimos meses, Michael Schumacher segue em casa a batalha pela vida que ele trava desde que sofreu um acidente de esqui em dezembro de 2013. Segundo o jornal britânico "The Mirror", a família do ex-piloto já gastou 10 milhões de libras (R$ 65,5 milhões) nos tratamentos.

Leia mais notícias de Velocidade

Schumacher foi induzido ao coma logo depois do acidente e passou por duas cirurgias para tirar coágulos de sangue do cérebro. Ele permaneceu internado por seis meses em um hospital em Grenoble e foi transferido para uma clínica na Suíça. Na metade de 2014, o alemão recebeu alta e passou a ser tratado em casa.

FIA confirma calendário da F-1 para 2016, e Brasil segue com penúltimo GP

Na sua mansão na Suíça, há uma equipe de 15 profissionais, entre enfermeiras e fisioterapeutas, envolvidos nos cuidados ao heptacampeão de Fórmula-1. Em setembro, a imprensa europeia citou que Schumacher está com 45 quilos e consciência limitada. O ex-piloto acumulou uma fortuna de 300 milhões de libras (R$ 1,78 bilhão) ao longo da carreira.

*ZHESPORTES

 DC Recomenda
 
 Comente essa história