FIA adia definição do grid de largada do GP dos EUA por causa da chuva AFP/

Foto: AFP

O treino classificatório para o GP dos Estados Unidos foi adiado para a manhã deste domingo depois de as condições climáticas terem piorado neste sábado no Circuito das Américas. O local foi atingido por chuva e vento fortes desde as primeiras horas da manhã de sexta-feira, com Austin e as áreas próximas sentindo os efeitos do Furacão Patricia, que recentemente chegou à costa oeste do México.

O primeiro treino livre foi realizado na sexta-feira com pista molhada, mas o segundo treino foi cancelado devido ao grande risco de raios, que impediram o helicóptero médico de decolar.

Como previsto, as condições meteorológicas ficaram piores durante a noite, com a chuva e a velocidade dos ventos intensificando-se, colocando sérias dúvidas se haveria ou não terceiro treino livre e o treino classificatório.

Uma fase relativamente estável permitiu que os pilotos conseguissem dar algumas voltas no terceiro treino, mas as condições ficaram piores depois da sessão. O diretor de prova da FIA, Charlie Whiting, inicialmente atrasou a sessão classificatória da Fórmula-1 em 30 minutos, mas, depois de vários atrasos, a decisão de adiá-la para o domingo de manhã foi tomada.

Os pilotos agora terão um domingo bem cheio, com o treino classificatório acontecendo às 9h locais (12h no horário de Brasília), antes da prova de 56 voltas às 14h locais (17h), com as condições meteorológicas previstas muito melhores do que as vistas no sábado.

A última vez que um treino classificatório foi realizado em um domingo foi no GP da Austrália de 2013, também devido à fortes chuvas.

*LANCEPRESS

LANCEPRESS
 DC Recomenda
 
 Comente essa história