Hudson Coutinho comera boa fase e retorno da intensidade no Figueirense Charles Guerra/Agencia RBS

Foto: Charles Guerra / Agencia RBS

São seis jogos do Figueirense no comando de Hudson Coutinho, depois de torpeçar nos quatro primeiros jogos — com três derrotas e um empate —, o treinador conseguiu encontrar uma formação que trouxe de volta o que o time tinha de melhor: a intensidade.

Clayton após vitória: "Time encaixou"
Roberto Alves: "Uma das melhores partidas do Figueirense na Série A
Rodrigo Faraco: "Imposição e conquista na vitória do Figueirense"

As vitórias sobre o Goiás e Flamengo foram conquistadas com forte marcação e rápidos contra-ataques. No Estádio Orlando Scarpelli, o Furacão soube aproveitar as chances criadas. Dos seis chutes a gol, três entraram.

— Quando todos jogam nesse nível de intensidade a nossa equipe joga muito mais forte. O nosso time soube marcar muito e fomos muito objetivos e realmente deu certo — analisou o técnico Hudson Coutinho.

Veja como foi a partida no nosso lance a lance
Leia mais sobre o Figueirense
Confira a classificação da Série A

A atuação de Clayton foi preponderante para o triunfo do Furacão. O atacante fez dois gols e ainda começou a jogada do terceiro tento, feito por Dudu.

— O Clayton é um atacante que mostra muita qualidade em momentos crucias do campeoanto e dos jogos. Não fez gols em Goiânia, mas deu duas assistências. Além disso, tinha personalidade e uma enorme qualidade. Ele ainda tem muito para crescer — completou Hudson.



Clique na imagem e acesse o Guia Online do Campeonato Brasileiro
Guia Online do Campeonato Brasileiro 

DIÁRIO CATARINENSE
 DC Recomenda
 
 Comente essa história