Hudson faz mistério sobre o substituto de Carlos Alberto no Figueirense  André Podiacki/Agência RBS

Foto: André Podiacki / Agência RBS

O Figueirense enfrentará o Flamengo, quarta-feira às 21h, no Estádio Orlando Scarpelli com um time praticamente igual ao que venceu o Goiás na última rodada. Praticamente porque o meia-atacante Carlos Alberto está suspenso, afinal ele foi expulso ainda no primeiro tempo em Goiânia.

Figueirense lança aplicativo e anuncia vantagens para sócios
Leia mais sobre o
Figueirense
Confira a classificação da Série A

A grande dúvida na escalação do time é essa: quem será o substituto de Carlos Alberto? O técnico Hudson Coutinho faz mistério. Segundo o treinador ele tem três opções para a posição:

— A característica do Carlos é mais de um meia-atacante e jogou contra o Goiás como atacante. Existem várias possibilidades de substituição. Eu diria que todos os meias que temos e atacantes podem ser colocados naquela posição. Trabalhei com todos, mas não tem como esconder que estou em dúvida com três situações — explicou o técnico Hudson Coutinho.

Rafael Bastos é o favorito para ficar com a vaga no meio de campo. Autor do gol da vitória sobre o Goiás, o meia está na frente na disputa. Outra opção seria a entrada de Marcão, deixando o time com três atacantes.

Zagueiro fora do jogo

O capitão do time, Marquinhos, está recuperado de uma lesão muscular e da gripe que o deixou de fora da partida contra o Esmeraldino. Porém, isso não quer dizer que ele será titular contra o Flamengo.

— A disposição ele está por estar recuperado clinicamente. Mas jogar acho muito difícil. Ele vem de uma inatividade de dois meses e não é o momento de arriscar. Poderia colocar um ponto de interrogação, mas pela inatividade não tem como ele começar jogando — afirmou Hudson.

Clique na imagem e acesse o Guia Online do Campeonato Brasileiro
Guia Online do Campeonato Brasileiro 

DIÁRIO CATARINENSE
 DC Recomenda
 
 Comente essa história