Jaraguá Futsal recebe o Sorocaba na Arena, neste sábado pela Liga Maykon Lammerhirt/Agencia RBS

Preparador de goleiro Sérgio Santana está há três anos na equipe

Foto: Maykon Lammerhirt / Agencia RBS

Jaraguá Futsal tem um desafio marcado para este sábado: vencer ou vencer nas quartas de final da Liga Futsal, às 21h30, na Arena Jaraguá. O adversário é o time de Falcão, Brasil Kirin/Sorocaba, que venceu a primeira partida por 3 a 0. Durante toda a temporada, a torcida aprendeu a gritar os nomes dos jogadores e apoiou o técnico Sérgio Lacerda nos êxitos e derrotas. Ao lado dessa equipe, estão outras cinco pessoas que são fundamentais para colocar a máquina Jaraguá Futsal para funcionar.

Leia mais notícias sobre Jaraguá do Sul e região

Todas as peças se encaixam para conduzir o Jaraguá Futsal na mesma direção. O dia a dia da equipe começa com os trabalhos do roupeiro e massoterapeuta Marcio Junckes, 45 anos, conhecido como Seco. Ele separa o material de trabalho de toda a equipe, desde os uniformes até a prancheta do treinador. O joinvillense está na sexta temporada com o time e respira futsal desde os tempos de moleque.

Ao seu lado está Maurício Leandro, 39 anos, que iniciou a carreira de massoterapeuta no time, conquistou uma vaga na comissão técnica da Seleção Brasileira de Futsal por sete anos e retornou à equipe nesta temporada. Com bom humor, os dois cuidam das dores dos jogadores durante os treinos e, depois, encaminham para o departamento médico.

- Passamos tanto tempo ao lado da equipe que é como se fôssemos nossa família. Brincamos o dia todo para levarmos o trabalho com mais leveza e vamos ao delírio durante os jogos, pois é adrenalina que move o futsal - afirma Leandro.

Outra peça fundamental é o preparador dos goleiros que está há três anos na equipe. Santana e os três goleiros são os primeiros a iniciar o treinamento e os últimos a deixarem a quadra. O ex-goleiro de São Paulo, de 30 anos, trocou a vida de atleta pela de preparador por causa das inúmeras lesões. Por isso, há 17 anos está no ramo com passagem pelo São Caetano e Corinthians.

- Minha vida é o futsal. Com o esporte, eu tirei meu sustento, formei minha família e fiz meus amigos. O jogo é nosso show, é o momento que abre a cortina e a comissão técnica fica vibrando ao lado dos jogadores – revela.

O preparador físico Mauro também iniciou a carreira dentro de quadra. Ele entrou com 15 anos para equipe de base e chamou a atenção do preparador João Romano por orientar o período de aquecimento da categoria de base do futsal enquanto cursava educação física. Logo assumiu a função de preparador físico da categoria de base e deixou a vida de atleta que tem passagem pelo Corinthians.

Para supervisionar o serviço, está o carioca Kleber Rangel, de 54 anos. Ele cuida da parte administrativa e estrutural do time. Durante a era Malwee, trabalhou seis anos na equipe e retornou em 2013 para o time. Junto de Rangel, está o líder da equipe Sérgio Lacerda, 51 anos, de Florianópolis. Jogou até os 37 anos como atleta profissional e iniciou a carreira de treinador no Seara.

- Como fui atleta e passei pelas mãos de vários treinadores, tinha meu reconhecimento para assumir um time. Mas meu trabalho só dá resultado por uma série de profissionais ao meu lado – destaca.

Agora, Jaraguá Futsal precisa vencer o Sorocaba, com vantagens de gols. E, na prorrogação, o time jaraguaense tem a vantagem do empate por causa da melhor campanha na primeira fase da Liga Futsal.

SERVIÇO

O quê:Jaraguá Futsal x Brasil Kirin

Quando: neste sábado, às 21h30

Onde: Arena Jaraguá

Quanto: ingressos à venda no Posto Zuza, da Reinoldo Rau; Restaurante Espeto; Kaiapo’s Têxtil; e na SNC Suplementos a R$ 25 para as cadeiras numeradas e R$ 20, as arquibancadas superiores. Meia entrada custa R$ 10.

A NOTÍCIA
 DC Recomenda
 
 Comente essa história