Jon Jones é reintegrado ao UFC e está liberado para voltar a lutar Léo Cardoso/Agencia RBS

Foto: Léo Cardoso / Agencia RBS

O ex-campeão meio-pesado do UFC Jon Jones está liberado para voltar a lutar. Depois de resolver a parte civil por ter atropelado uma mulher e fugido, Jones foi oficialmente reintegrado pelo Ultimate nesta sexta-feira depois de seis meses suspenso.

UFC demite William Patolino, Eddie Gordon e mais 20 atletas

— Estamos felizes em ler e ver reportagens que ele (Jon Jones) abraçou os termos de seu acordo de confissão e está usando esta experiência para crescer e se desenvolver como pessoa — disse Lorenzo Fertitta, dono de CEO do UFC.

TJ Dillashaw revela mágoa e não descarta luta contra Urijah Faber

Jon Jones perdeu o cinturão do UFC e ficou suspenso depois de se envolver em um acidente em abril. O lutador fugiu do local do acidente e não socorreu a vítima, que teve um braço quebrado.

Cris Cyborg alega sofrer bullying de Ronda Rousey e Dana White

— Estou grato por estar apto a fazer o que eu amo uma vez mais e olho para frente para me provar como um campeão dentro e fora do octógono — declarou o ex-campeão.

Mesmo com MMA proibido no estado, UFC marca evento para Nova York

No período de sua ausência, Daniel Cormier venceu Anthony Johnson na disputa pelo título vago e defendeu o cinturão contra Alexander Gustafsson. Agora, a tendência é Jones seja o desafiante na tentativa de recuperar a condição de campeão. Ainda não há confirmação oficial do confronto.

A última luta de Jon Jones foi exatamente contra Cormier, em janeiro deste ano. Na ocasião, Jones defendeu o cinturão com uma vitória por decisão unânime.

*ZHESPORTES

 Veja também
 
 Comente essa história