Kalil confirma aval da CBF para a realização da nova Liga Sul-Minas Bruno Cantini/Atlético-MG

Ex-presidente do Atlético-MG, Kalil confirmou criação da Primeira Liga

Foto: Bruno Cantini / Atlético-MG

O ano de 2016 deve ganhar mais uma competição para clubes do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e Minas Gerais, além de Flamengo e Fluminense. A Primeira Liga como ficou batizada a competição gerida pela Liga Sul-Minas-Rio, teve o aval da CBF nesta sexta-feira. A confirmação é de Alexandre Kalil, CEO da organização. Em entrevista ao Globoesporte.com citada pela Rádio Gaúcha, o ex-presidente do Atlético-MG definiu como "dia histórico" a reunião entre a confederação e os clubes.

Novelletto contesta Sul-Minas-Rio: "Para 2016, não tem data"

— É um dia histórico. Vi uma boa vontade muito grande da CBF. A competição é forte por si só, com mais da metade dos grandes clubes do Brasil. Não é uma liga regional. A união dos clubes foi espetacular. Sem ela, a Liga não sairia — disse Kalil.

Copa Sul-Minas-Rio depende de patrocínio, TV e federações, diz dirigente

Ainda segundo a reportagem, a Liga terá 15 times, mas apenas 12 vão disputar o torneio de 2016. As datas utilizadas vão de fevereiro a março. O regulamento será definido na próxima semana.

Liga Sul-Minas-Rio negocia direitos de transmissão com emissoras

— Temos até janeiro para fechar tudo. O Marco Polo (Del Nero, presidente da CBF) achou que foi um progresso, e estamos no caminho certo. Agora, temos que vender essa competição. Estou vendendo desde que ela foi criada — acrescentou Kalil.

Os participantes da Liga são América-MG, Avaí, Atlético-MG, Atlético-PR, Chapecoense, Coritiba, Criciúma, Cruzeiro, Figueirense, Fluminense, Flamengo, Inter, Joinville, Grêmio e Paraná.

Paraná, Joinville e Criciúma não devem jogar o torneio em 2016. Ao todo, a competição utilizará de quatro a cinco datas no calendário do futebol brasileiro.

*RÁDIO GAÚCHA

 Veja também
 
 Comente essa história