Lincoln projeta partida da seleção brasileira contra a Guiné: "É o próximo passo"  Rafael Ribeiro/CBF/Divulgação

Contra a Inglaterra, seleção de Lincoln conseguiu sua primeira vitória no Mundial Sub-17

Foto: Rafael Ribeiro / CBF/Divulgação

A seleção brasileira sub-17 decide seu futuro no Mundial nesta sexta-feira contra Guiné, às 18h, com transmissão do SportTV. A equipe treinada por Carlos Amadeu precisa de um empate para avançar às oitavas de final da competição e não depender de nenhuma combinação de resultados. A vitória evita que o time acabe como um dos quatro melhores terceiros colocados e tenha pela frente a Alemanha ou Bélgica, que estão liderando seus respectivos grupos até o começo da terceira rodada.

CBF veta pergunta, e Del Nero se cala sobre viagem à Argentina

A única dúvida na escalação titular para a partida contra Guiné é a manutenção do volante Liziero entre os titulares. Carlos Amadeu estuda a entrada de Guilherme, do Santos, na função. Recuperado de uma lesão de grau 1 na coxa esquerda, o meia Evander, do Vasco, um dos principais nomes da equipe, ficará como opção no banco de reservas. O camisa 10 tem seu retorno comemorado, justamente pelo fraco rendimento do setor ofensivo brasileiro, que só marcou um gol nas duas partidas disputadas até o momento — Leandro fez de falta contra a Inglaterra.

Sem Grohe e com retorno de Neymar, Dunga convoca Seleção para Eliminatórias

Para evitar problemas que dificultem a classificação, a seleção assistiu aos jogos da Guiné contra Coreia e Inglaterra.

Seleção vai usar CT do Corinthians antes de confronto com Argentina

— Sabemos que é um time forte, rápido, que ataca com muitos jogadores. Estamos preparados para o desafio e sabemos que é um jogo de classificação. Ainda vamos ver um vídeo com os detalhes que o professor vai passar, não podemos deixar para outro dia. Sexta-feira é o próximo passo — afirmou o meia Lincoln, do Grêmio, que é o capitão da equipe.

Dunga justifica ausência de Marcelo Grohe: "Não está 100%"

O Brasil atuará com: Juliano; Kléber, Ronaldo, Éder Militão e Rogério; Liziero (Guilherme), Andrey e Lincoln; Arthur, Luis Henrique e Leandrinho. Técnico: Carlos Amadeu.

Guiné deve atuar com Moussa ; Kourouma, Fodé, Moussa Soumah e Mohamed; Soumah, Sylla (Conté), Naba Bangoura, e Keita; Yomoudou Touré e Sam Diallo. Técnico: Hamidou Camara.

*ZHESPORTES

ZHESPORTES
 Veja também
 
 Comente essa história