Marcelinho Paraíba quer que o JEC não tenha medo nas partidas fora de casa Rodrigo Philipps/Agencia RBS

Marcelinho crê que chegou a hora de o JEC vencer fora

Foto: Rodrigo Philipps / Agencia RBS

Se depender do discurso do experiente meia Marcelinho Paraíba, o torcedor do JEC pode, finalmente, acreditar que a equipe conseguirá uma vitória expressiva fora de casa, de preferência neste sábado, às 18h30, contra o Internacional, no Beira-Rio.

Segundo o camisa 10 tricolor, faltava ao Joinville acreditar que pode vencer seus rivais. E a confiança, que estava ausente antes, sobra depois de duas vitórias seguidas. 

—  Acho que o Joinville não precisa e não tem que ter medo de ninguém porque não tem bicho-papão. O futebol brasileiro está muito nivelado no fator técnico. Está faltando isso, encaixar uma boa partida fora de casa — analisou.

Marcelinho Paraíba reconheceu que, até o momento, o Joinville não jogou para merecer uma vitória fora de casa. Para ele, só no fim do turno houve um lapso de bom desempenho como visitante. 

— Eu acho nesse campeonato nós não fizemos nenhuma partida que foi muito boa para merecer a vitória a não ser o primeiro tempo contra o Grêmio, lá em Porto Alegre, que foi maravilhoso. Se a gente jogar parecido como jogamos no primeiro tempo com o Grêmio, com certeza teremos chance de vencer qualquer adversário fora de casa.

Desfalque no sábado contra o Figueirense em razão de uma suspensão pelo terceiro cartão amarelo, o jogador está confirmado para a partida deste sábado. E garantiu que irá cobrar os companheiros para que eles rendam o máximo no fim de semana.

— Os jogos que a gente teve êxito foi dessa forma, jogando no limite. A gente sai morto dentro de campo, mas com o resultado. Não adianta você sair inteiro e não conseguir objetivo que é a vitória. Vou cobrar muito dos meus companheiros para que a gente continue nesta pegada.
A NOTÍCIA
 Veja também
 
 Comente essa história