Novo número um das duplas, Marcelo Melo conquista título em Viena Bildagentur Zolles KG/Divulgação

Foto: Bildagentur Zolles KG / Divulgação

A fase de Marcelo Melo segue espetacular. Depois de garantir seu lugar no topo do ranking de duplas, a partir do dia 2 de novembro, o mineiro de 32 anos conquistou, neste domingo, seu terceiro título consecutivo, com o segundo parceiro diferente, no ATP 500 de Viena, na Áustria. Ao lado do polonês Lukasz Kubot, Melo derrotou na decisão na capital austríaca o britânico Jamie Murray e o australiano John Peers, vice-campeões de Wimbledon e no US Open neste ano, por dois sets a um, de virada, com parciais de 4/6, 7/6 e 10/6 em 1h33min de partida.

Com vitória de Marcelo Melo, Brasil volta a ter número um em ranking no tênis

O irmão de Andy Murray e futuro parceiro de Bruno Soares, ao lado do australiano Peers, liderava o jogo com tranquilidade por um set e meio. Na primeira etapa, um quebra no terceiro game deu a vantagem a Murray/Peers, que fechou por 6/4 sem ser ameaçado no serviço. Na segunda etapa, o britânico e o australiano quebraram novamente, no quinto game, abriram 4/2, mas Melo e Kubot devolveram a quebra, empataram o set e forçaram o tie-break. No desempate, Melo/Kubot pulou cedo na frente, abriu 3-0, e sustentou a vantagem até o fim fechando por 7/6.

A decisão foi então para o match tie-break, que seguiu disputada ponto a ponto até o 7-6, quando o brasileiro e o polonês deslancharam para a vitória com Melo sendo perfeito na rede e comandando os pontos.

Esse é o terceiro título consecutivo de Melo e 12ª vitória seguida no circuito. Ele havia conquistado o ATP 500 de Tóquio, no Japão, e o Masters 1000 de Xangai, na China, nas duas últimas semanas ao lado do sul-africano Raven Klaasen. No ano já são cinco troféus, os outros dois conquistados com seu parceiro habitual, o croata Ivan Dodig, no ATP 500 de Acapulco, no México, e em Roland Garros.

Este foi o 18º título de duplas na carreira de Marcelo, com oito parceiros diferentes. Ele disputou 36 finais no circuito. Na próxima semana, Melo volta a jogar com Dodig, no ATP 500 da Basileia, na Suíça.

LANCEPRESS
 Veja também
 
 Comente essa história