Octacampeão mundial de motocross chega a SC: "Quero tirar fotos com todo mundo" Duda Barros/Duda Bairros/Imagem Divulgação

Acostumado a conquistas no Brasil, Cairoli chega para dar show em São José

Foto: Duda Barros / Duda Bairros/Imagem Divulgação

O multicampeão chegou! Detentor de oito títulos mundiais de motocross, o italiano Antonio Cairoli, 30 anos, está em solo catarinense nesta sexta-feira. O voo que trouxe ele desembarcou no Aeroporto Hercílio Luz, em Florianópolis. Mas será em São José que o piloto entrará em ação. Neste sábado e domingo, Cairoli participará da segunda e última etapa da Copa Brasil de Motocross no Motódromo Marronzinho.

VÍDEO: São José recebe a Copa Brasil de Motocross; confira a programação
Saiba tudo de esportes radicais na página Aventura SC
Leia mais sobre esportes

Pontual, o voo que trouxe o italiano de uma conexão via Guarulhos (SP), desembarcou às 10h30min em Floripa. Bem à vontade, Cairoli atendeu à reportagem do DC e falou sobre a expectativa de acelerar em São José. E mandou um aviso aos catarinenses: quer tirar fotos com todos.

A vinda do octacampeão mundial é um presente aos fãs de motocross. Como o Brasil não receberá uma etapa do Mundial neste ano, a organização da Copa Brasil conseguiu um espaço na agenda para trazer Antonio Cairoli. Um show à parte está previsto para o Motódromo Marronzinho. Confira o bate-papo com o piloto.

Qual é sua expectativa sobre a vinda ao Brasil?
Antonio Cairoli —
É sempre legal para mim vir ao Brasil. Tenho algumas vitórias importantes conquistadas neste solo. Tenho muitos fãs. É legal reencontrá-los sem a pressão de outras corridas. É divertido vir aqui e me divertir com o pessoal.

Quanto tempo você vai ficar desta vez?
Cairoli —
Vou ficar apenas alguns dias, porque tenho compromissos na Europa. Vamos ficar por quatro ou cinco dias e depois voltar.

O que você conhece sobre Florianópolis, São José e região?
Cairoli —
Nunca estive nesta pista, em São José, mas estive outras vezes para correr no Beto Carrero (em Penha), que fica nesta região. Então, gosto desta região. É bem legal.

Como a chuva pode complicar a competição?
Cairoli —
Com certeza vai ser difícil por causa da chuva. Não sei da previsão para domingo. Talvez, se sábado não fizer um tempo muito ruim, domingo tem tudo para ser uma grande corrida.

O que você conhece sobre o motocross no Brasil?
Cairoli —
O que vejo é que está ficando mais famoso a cada ano. Vejo novos pilotos surgindo. Muito bons pilotos. Então, acho que não é nada mal. É difícil para os brasileiros se mudarem para a Europa. Sei que é difícil dar este passo. Correr no Mundial seria muito bom para eles.

Que mensagem você tem aos fãs locais?
Cairoli —
Espero ver muitos fãs na pista e fazer uma corrida legal. Quero tentar conhecer todos e tirar foto com todos.

 

Serviço

Copa Brasil de Motocross 2015 - Segunda e última etapa
Sábado e domingo, 16 e 17 de outubro
Motódromo Marronzinho, em São José
Ingressos: R$ 20,00 (antecipado, um para cada dia) e R$ 30 (no dia)
Pontos de venda: Lojas Geração Motos (Florianópolis, São José, Palhoça, Blumenau e Brusque)

DIÁRIO CATARINENSE
 Veja também
 
 Comente essa história