Oscar Pistorius será libertado no dia 20 de outubro Daniel Born/AFP

Foto: Daniel Born / AFP

O campeão paraolímpico Oscar Pistorius, condenado a cinco anos de prisão pelo homicídio culposo de sua namorada em 2013, será libertado. De maneira antecipada, o sul-africano será soltou no dia 20 de outubro, anunciaram nesta quinta-feira os serviços penitenciários sul-africanos.

Oscar Pistorius pode ter pena aumentada em novembro

A comissão das libertações antecipadas, que se reuniu nesta quinta em Pretória, "aprovou a libertação antecipada de Oscar Pistorius a partir de 20 de outubro", segundo um comunicado.

— A comissão levou em consideração todos os elementos, incluindo o relatório sobre o condenado, as diretivas da comissão de apelação e as indicações da família da vítima — segundo a mesma fonte.

Justiça rejeita pedido de liberdade condicional para Oscar Pistorius

Em junho, a comissão das libertações antecipadas decidiu soltar Pistorius no dia 21 de agosto, mas o ministério da justiça suspendeu a decisão poucos dias antes, ao julgá-la "precipitada e prematura".

Acionada mais uma vez, a comissão finalmente manteve sua decisão. As condições de libertação antecipada de Pistorius ainda não foram reveladas, mas o ex-atleta deverá, segundo todas as probabilidades, ser mantido em prisão domiciliar durante várias horas do dia e ser submetido a trabalhos de interesse social.

Pistorius será solto após 10 meses de prisão

Mas a saga judicial ainda está longe de terminar. O Ministério Público apelou da condenação de Pistorius, por considerar que ele deveria ser condenado por "assassinato", e não por "homicídio culposo".

*AFP
 Veja também
 
 Comente essa história