Ricardo Oliveira e Lucas Lima comandam vitória do Santos por 3 a 1 sobre o Goiás Ivan Storti/Divulgação Santos

Foto: Ivan Storti / Divulgação Santos

As atuações do Santos nos últimos 13 jogos na Vila Belmiro empolgaram o torcedor, que chegou a chamar o time de seleção. Neste domingo, ao vencer o Goiás por 3 a 1, em casa, o santista pôde fazer tal afirmação com legitimidade.

Confira a tabela do Brasileirão

Isto porque dois gols foram feitos pelo centroavante da Seleção Brasileira, Ricardo Oliveira, e a grande maioria das jogadas do Peixe saíram dos pés do meia que vem sendo chamado por Dunga, Lucas Lima, que chegou a 100 jogos pelo Alvinegro.

Ricardo, que estava sem balançar as redes pelo Santos há quatro jogos (ele fez um pela Seleção na última terça-feira), começou cedo, e acertou a trave aos sete minutos.

Mas foi aos dez da primeira etapa, quando o Peixe já mandava no jogo, que o placar foi aberto. Lucas Lima cobrou falta, viu a bola desviar para Daniel, o Guedes, não o Alves, que cruzou para Werley fazer o primeiro. Sem qualquer chance para o Esmeraldino reagir, o time da casa teve outra chance quatro minutos depois de abrir o marcador.

Pressionado por Leandro, que teve mais uma chance como titular no time do Santos, já que Gabigol estava suspenso e Geuvânio no banco, voltando de lesão, o zagueiro Fred se atrapalhou e entregou a bola de bandeja para Ricardo Oliveira marcar.

Mas o gol digno de Seleção Brasileira veio aos 45 da primeira etapa, quando Lucas Lima cruzou, Marquinhos Gabriel tocou de letra para o meio da área e Ricardo Oliveira, de primeira e pé esquerdo ampliou.

Já a segunda etapa começou bem diferente, com o Goiás pressionando. Logo aos três minutos, David chutou de longe e contou com um desvio para enganar o goleiro Vanderlei e diminuir para o visitante.

Os 48 minutos finais foram mais do Goiás do que do Peixe, que errou passes fáceis e diminuiu seu ritmo, mesmo assim, o placar foi o mesmo.

Com este resultado, o Santos permanece no G4, na 4ª colocação e chega a 49 pontos, um a mais que o Palmeiras e dois a mais que o São Paulo. O Goiás fica com 31 pontos e amarga a 18ª posição da tabela, na zona de rebaixamento do Brasileirão.

*LANCEPRESS

LANCEPRESS
 DC Recomenda
 
 Comente essa história