Roberto Alves: "Del Nero se rendeu a Delfim no caso Sul-Minas-Rio" Yasuyoshi Chiba/AFP

Del Nero (foto), presidente da CBF, cedeu ao diálogo com Delfim Pádua Peixoto Filho

Foto: Yasuyoshi Chiba / AFP

Marco Polo Del Nero se aproximou de Delfim Pádua Peixoto Filho e, baixinho, lhe perguntou:

– Podemos conversar?

– Claro, sou um homem de diálogo – respondeu o presidente licenciado da Federação Catarinense de Futebol.

Confira outras opiniões de Roberto Alves
Leia notícias sobre futebol

Foi o suficiente para um apelo discreto:

– Vamos parar de brigar sem razão. O momento é de união para sairmos desta crise pela qual passa o futebol brasileiro.

Bom político, Delfim aproveitou a fragilidade do adversário e já foi abrindo o diálogo:

– Vamos começar de cara pela Copa Sul-Minas-Rio.

E foi aí que a CBF começou a ceder.

A reunião

Delfim foi a Curitiba a pedido de Del Nero acompanhar a reunião de quinta-feira à tarde. Decidiram por nove votos a três que seriam 12 participantes escolhidos pelo ranking da CBF 2015/16, que será o ano da realização do torneio.

Com aval da CBF, Copa Sul-Minas-Rio terá Avaí, Chapecoense e Figueirense
Kalil confirma aval da CBF para a realização da nova Liga Sul-Minas

Os clubes

As duplas das capitais garantiram presença, mais a Chapecoense e o America-MG. O ranking atual garante participação aos dois. No mais, são os representantes das capitais.

Encontro

A Liga Sul-Minas-Rio mandou ao Rio seu intermediário Alexandre Kalil para o encontro final com Marco Polo e lá decidiram mais. O torneio terá árbitros da CBF e usará o Tribunal da entidade também. Possivelmente na terça-feira, após o feriado, a CBF divulgará a tabela com divisão de grupos, com cinco datas e jogo único no sistema de mata-mata.

Agora, a negociação com a televisão.

DIÁRIO CATARINENSE
 DC Recomenda
 
 Comente essa história