TJ Dillashaw revela mágoa e não descarta luta contra Urijah Faber UFC/Divulgação/

Dillashaw derrotou o brasileiro Renan Barão duas vezes

Foto: UFC/Divulgação

O confronto entre companheiros de equipe sempre foi um assunto polêmico no mundo das lutas. Diversos astros da organização já deram sua opinião em relação ao assunto, enquanto outros preferem não se aprofundar no caso. E se tem dois atletas do UFC na atualidade que estão lidando com a questão são Urijah Faber e TJ Dillashaw.

Cris Cyborg alega sofrer bullying de Ronda Rousey e Dana White

Ambos foram companheiros de treinos durante toda a carreira na Team Alpha Male, equipe liderada por Faber. Porém, após uma confusão entre o treinador de TJ e Faber e uma proposta para o campeão dos galos treinar de forma remunerada e mais perto de Duane Ludwig, a relação foi rompida, o que parece ter aberto portas para uma luta entre eles.

Dirigente do UFC revela negociação com Arena para sediar evento

Fora da Alpha Male, Dillashaw será parte da Elevation MMA, no Colorado, mesma cidade onde Ludwig tem sua academia. A forma como as coisas aconteceram deixaram os ânimos irritados e depois de ver algumas declarações de Faber dizendo que TJ não é mais bem-vindo à Alpha Male, um duelo entre os dois parece iminente.

Mesmo com MMA proibido no estado, UFC marca evento para Nova York

— Sabe, eu não pensei que estaria aberto até Urijah começar a falar as coisas que falou. Ele é quem está falando que está mais do que inclinado a me enfrentar. Sinto que já fomos muito mais próximos do que isso, então já dediquei meu coração e minha alma ao time, achei que éramos mais amigos. Claro que ele está procurando uma grande luta em sua carreira, e acho que estou... Eu não quero ter de fazer isso mas, sabe, se ele quer mesmo, eu não gostaria de fazer isso. Ainda existe uma relação com os caras, até com Urijah. Eu não quero ter de lutar com Urijah. Não é algo que quero fazer — explicou, em participação no programa The MMA Hour.

Anderson Silva posta fotos de suas armas e polemiza nas redes sociais

Apesar do assunto, ambos já têm confrontos marcados pelo UFC. TJ Dillashaw volta ao octógono no dia 17 de janeiro, em Boston), para defender o cinturão contra Dominick Cruz. Já Urijah Faber encara Frankie Saenz, pelo UFC 194, dia 12 de dezembro.

*LANCEPRESS

 DC Recomenda
 
 Comente essa história