Joinville fecha o primeiro turno com derrota para o Brusque fora de casa Patrick Rodrigues/Agencia RBS

Estádio Augusto Bauer não suportou a chuva, e a bola pouco rolou

Foto: Patrick Rodrigues / Agencia RBS

Se a missão do Joinville era encarar o duelo contra o Brusque como uma chance para recuperar a confiança antes do início do returno, o objetivo foi por água abaixo. Literalmente. Em um gramado completamente encharcado pela chuva que caiu sobre o Estádio Augusto Bauer, o Tricolor perdeu por 1 a 0 para os donos da casa, encerrando o primeiro turno de forma vexaminosa.

Leia mais notícias sobre o JEC

O novo revés ampliou para oito o número de partidas consecutivas sem vitória do JEC, que só venceu na estreia do Estadual. Depois desse triunfo, o time acumulou cinco empates e três derrotas.

Confira a tabela de jogos e a classificação do Catarinense



O encharcado gramado do Augusto Bauer foi um obstáculo imenso para o Joinville, que teve muita dificuldade para conseguir colocar a bola no chão e trocar passes no meio de campo. Assim, o time da casa, empurrado por sua torcida, foi o responsável pelas principais ações ofensivas na primeira etapa, explorando a bola parada e os contra-ataques.

Na mais perigosa das chances que criou, o Brusque teve a chance de abrir o placar após cobrança de falta pela esquerda, quando Maurício pegou a sobra. Mas, antes que o zagueiro pudesse finalizar, Rafael Donato se atirou na bola para desviar para a linha de fundo. O JEC, por sua vez, se limitava a apostar nos chutes de longe de Willian Popp, que chegaram perto, mas foram para fora.

Percebendo que não teria condições de tocar a bola pelo chão, o JEC voltou mais atento à segunda etapa, tentando trocar passes pelo alto. Com o tempo, o Tricolor passou a ser melhor e teve uma ótima oportunidade aos 20 minutos, em cobrança de falta frontal, que Edson Ratinho bateu e acertou a forquilha da trave.

O Brusque, por outro lado, não desperdiçou a chance que teve. Aos 28, Jhonatan saiu mal após a cobrança de escanteio e a bola sobrou nos pés de Alemão, que chutou no cantinho e fez 1 a 0.

Agora, o JEC terá o returno inteiro para tentar reescrever a sua sorte e, finalmente, colocar a cabeça em 2016. A Chapecoense já está na decisão do Estadual depois de ter sido a campeão do primeiro turno.
A NOTÍCIA
 Veja também
 
 Comente essa história