Referência para jovens atletas, Copa Guga Kuerten vira casa das promessas do tênis nacional Leo Munhoz/Agencia RBS

Foto: Leo Munhoz / Agencia RBS

A Copa Guga Kuerten é um dos grandes destaques da Semana Guga. O torneio que reúne atletas de 9 a 18 anos é um dos principais do país e está consolidado como um verdadeiro criador de talentos. Jogadores do Brasil e de outros países vem a Florianópolis em busca de uma competição de alto nível.

– O torneio agrega muito até pela imagem do Guga, só ver o número de meninos e meninas que jogam e é uma pena só ter um campeonato desses por ano – analisa o técnico Fernando Roese, que trabalhou com Bruno Soares e Flávio Saretta, e hoje tem um atleta na Copa Guga.

Meninos que estão na categoria de 14 anos almejam não só o título, mas uma vaga no Le Mondial Lacoste, torneio que reúne apenas seis atletas, de todo mundo, para disputar a competição que acontece durante o ATP World Tour Finals, de 13 a 20 de novembro.

– No ano passado fiquei que segundo e foi muito dolorido. Treinei mais e estou mais preparado para tentar a vaga. Só o torneio do Guga proporciona isso – disse o baiano Natan Rodrigues.

O brasiliense Paulo Santos, de 16 anos, quer ser profissional e por isso começa a disputar campeonato na categoria 18 anos.

– É um torneio importante para a nova geração, aqui se abrem muitas portas – analisou Santos.

Foto: Leo Munhoz / Agencia RBS

Para aqueles que veem o tênis como uma oportunidade de fazer uma faculdade nos Estado Unidos o torneio também ajuda, afinal os resultados em grandes campeonatos são importantes na avaliação. É o caso da curitibana Thais Andreotti.

— Eu jogo aqui desde os 12 anos, agora estou com 16 e disputo a categorias 18 anos. O campeonato é muito bom. É o meu preferido. Vem gente de tudo que é lugar. Eu quero ir para tênis universitário e aqui me ajuda a evoluir meu jogo — completou Andreotti. 

Leia mais

Tropa de elite do tênis paralímpico chega a Floripa para a Copa Guga

 Veja também
 
 Comente essa história