Chapecoense apresenta o experiente Wellington Paulista e o jovem João Pedro Luiz Barp/Especial

João Pedro (E) foi emprestado pelo Palmeiras, enquanto Wellington foi cedido pelo Fluminense

Foto: Luiz Barp / Especial

Como uma amostra da diversidade de atletas que a Chapecoense escolheu para essa temporada, o clube apresentou na tarde desta terça-feira mais dois nomes que demonstram a experiência e a disposição da equipe. O veterano Wellington Paulista e o jovem João Pedro vestiram as camisas do Verdão prometendo honrar os grandes ídolos e mostrar um bom futebol já no primeiro jogo.

Wellington Paulista tem 32 anos e chegou à Chape emprestado pelo Fluminense por uma temporada. No último Brasileirão defendeu a Ponte Preta. O atacante é um velho conhecido do futebol brasileiro, tendo passagens por grandes clubes como Internacional, Cortiba, Botafogo e Cruzeiro. Questionado sobre a mescla de idade do elenco e sua atual disposição, demonstrou muita garra.

— A motivação que eu estou agora é muito maior do que quando mais novo. Eu me preparo e condiciono muito o ano todo. A mescla de jogadores é importante para que a gente não tenha só um grupo experiente e nem só um grupo novo — avaliou.

Questionado sobre vestir a camisa 9, que até então pertencia a Bruno Rangel, morto no acidente aéreo de novembro, o atacante prometeu honrar o nome de um dos ídolos do clube.

— Representar o Bruno Rangel vai ser um orgulho imenso e eu espero fazer o tanto de gols que ele fez – prometeu.

Já João Pedro vem por empréstimo do Palmeiras, atual campeão brasileiro e clube que vem demonstrando uma grande solidariedade com a Chape. Na apresentação, o lateral-direito, de apenas 20 anos, não se acanhou e afirmou estar pronto para disputar com grandes nomes.

— Os jogadores experientes também começaram jovens e acredito que isso não vá fazer diferença. Vai ser jogando que eu vou poder mostrar que estou pronto — garantiu.

Sobre o pouco tempo de preparação, tanto João Pedro quanto Wellington Paulista disseram que o elenco pode até pecar no entrosamento nas primeiras partidas, mas afirmaram que entrega não vai faltar.

— Não importa quem são os jogadores que vão entrar em campo, todos tem que correr em busca de vitória – concluiu o experiente Wellington Paulista.

Acompanhe todas as notícias da Chapecoense

 Veja também
 
 Comente essa história