Chapecoense atropela o Tubarão e aplica goleada histórica Márcio Cunha/Especial

Dodô marcou um na goleada diante do Tubarão, neste domingo, na Arena Condá

Foto: Márcio Cunha / Especial


Chapecoense mostrou neste domingo que já está recuperada da derrota para o Lanús no meio da semana, pela Libertadores, ao aplicar 7 a 0 diante do Tubarão, neste domingo, na Arena Condá, pelo Campeonato Catarinense

O Verdão do Oeste foi a quatro pontos e assumiu a vice-liderança do returno, pelo saldo de gols, a dois pontos do líder Joinville.

A Chapecoense precisava da vitória para seguir na briga pelo título do returno e também para apagar a má impressão da derrota por 3 a 1 para o Lanús.

Em virtude de uma lesão de Niltinho no treino de sábado, e do afastamento de Moisés Ribeiro por duas semanas, em virtude de lesão muscular, o técnico resolveu também poupar o zagueiro Grolli e o atacante Wellington Paulista. 

Entraram no time o zagueiro Luiz Otávio, o meia Dodô e os atacantes Arthur e Túlio de Melo. A nova formação deu certo. Mas quem surpreendeu mesmo foi o volante Andrei Girotto.

Ele marcou três gols em 24 minutos. O primeiro de cabeça, em cobrança de escanteio. O segundo com o pé, em cobrança de escanteio. O terceiro aparando um cruzamento de João Pedro.

A Chapecoense dominou o primeiro tempo e Dodô ainda ampliou na etapa inicial. O Tubarão, que também tinha três desfalques, entre eles o atacante Rentería, teve poucas chances. A melhor foi com Rafael Ratão, que chutou rasteiro e Arthur espalmou.

No segundo tempo, já com Apodi no lugar de João Pedro, o time da casa não diminuiu o ritmo e ampliou com Rossi e Túlio de Melo. Rossi ainda acertou uma bola na trave. O Tubarão pouco chegou ao ataque. No final da partida Arthur ainda marcou o sétimo.

Na próxima rodada a Chapecoense enfrenta o Almirante Barroso, na quarta-feira, fora de casa. O Tubarão joga contra o Avaí, na Ressacada. O time do Sul tem como meta não ser rebaixado.

FICHA TÉCNICA

CHAPECOENSE-7: Artur, João Pedro (Apodi), Luiz Otávio, Nathan e Reinaldo; Andrei Girotto (Nadson), Luiz Antônio e Dodô; Rossi, Túlio de Melo (Welington Paulista) e Arthur. Técnico: Vagner Mancini.
TUBARÃO-0: Luiz Carlos, Marcos Vinícius, Gerson (Arílton), Lucas Costa e Vitão (Ricardo Conceição); Guilherme Amorim, Daniel Costa e Paulo Vinícius; Valdo Bacabal, Rafael Ratão e Marcos Paulo (Lucas Crispin). Técnico: Waguinho Dias.

Gols: Andrei Girotto (C), aos 15, 20 e 24 minutos do primeiro tempo. Dodô (C), aos 36 do primeiro tempo. Rossi (C), aos 7 minutos, Túlio de Melo (C)  aos 14 e Arthur, aos 45 do segunto tempo.
Arbitragem: Célio Amorim, auxiliado por Helton Nunes e Gianlucca Perrone de Vasconcelos

Cartão amarelo: Túlio de Melo (C)
Local: Arena Condá, em Chapecó
Público: 6.116

Renda: R$ 94.785

Leia mais:

Confira mais notícias sobre a Chapecoense

 Veja também
 
 Comente essa história