Pesagem do UFC 210 tem confusão com Cormier, mas luta confirmada Reprodução / Reprodução/Reprodução

Cormier precisou de uma toalha para subir na balança sem roupa e bater o peso

Foto: Reprodução / Reprodução / Reprodução

Por dois minutos, foi indicado que a luta entre Daniel Cormier e Anthony Johnson no UFC 210 não valeria o cinturão dos meio-pesados. Isto porque, na pesagem feita na manhã desta sexta-feira, o campeão não conseguiu bater o peso da categoria inicialmente.

A categoria dos meio-pesados vai até 205 libras (92,9 quilos). Na pesagem, Cormier bateu 206,2 libras (93,5 quilos). Em lutas que valem cinturão, não há a tolerância de uma libra como em outros combates.

Leia mais:

Kelvin Gastelum é pego no antidoping, e luta contra Anderson Silva é cancelada
Caju Freitas: os favoritos nos dois principais duelos do UFC 210
Com carreira histórica, McGregor completa quatro anos de UFC

Dois minutos depois, Daniel Cormier voltou à balança e conseguiu bater as 205 libras (92,9 quilos) exigidos. Ou seja, ele conseguiu cortar meio quilo em dois minutos para confirmar a disputa. Anthony Johnson pesou 203 libras (92 quilos).

Pelas regras do novo sistema de pesagem, não seria permitido subir na balança duas vezes. Mas a Comissão Atlética de Nova York abre uma exceção para as lutas que valem título.

Daniel Cormier lutou boa parte da carreira entre os pesos pesados, categoria que vai até 265 libras (120,2 quilos). Ele optou por descer de categoria em fevereiro de 2014, quando o amigo Cain Velasquez era o campeão dos pesados.

Na nova categoria, Cormier venceu Patrick Cummins e Dan Henderson antes de sofrer, para Jon Jones, a única derrota da carreira no MMA. Desde então, ele conquistou o cinturão vago da categoria ao vencer a primeira luta com Anthony Johnson, defendeu o título contra Alexander Gustafsson e derrotou Anderson Silva em uma luta que não valeu o cinturão. Cormier nunca falhou em bater o peso.


 DC Recomenda
 
 Comente essa história