A última noite foi longa para o suíço Roger Federer. Pouco habituado com os excessos, o tenista admitiu, nesta segunda-feira, que pouco se lembra da festa de comemoração do oitavo título de Wimbledon.

O suíço venceu com tranquilidade o croata Marin Cilic na final de domingo, parciais 6-3, 6-1, 6-4. Após o tradicional jantar com os campeões, dividindo a mesa com a campeã espanhola Garbiñe Muguruza, Federer foi para um pub de Londres acompanhado de aproximadamente 40 amigos e familiares.

"Estou com a cabeça pesada. Não sei o que fiz na noite passada. Acho que misturei bebidas demais", reconheceu o suíço em coletiva de imprensa.

A ressaca é atípica para o jogador de 35 anos, que projeta uma imagem de pai de família ideal.

"Nos divertimos muito. Fui para a cama às cinco da manhã e não me senti muito bem quando acordei. Só comecei a me sentir melhor há uma hora", acrescentou o maior vencedor de Grand Slams da história, com 19 títulos.

* AFP

 Veja também
 
 Comente essa história