Avaí vence Vitória em Salvador e respira no Campeonato Brasileiro TIAGO CALDAS/FOTOARENA/FOTOARENA/ESTADÃO

Jogadores do Avaí comemoram único gol da partida que garantiu a vitória dos catarinenses em Salvador

Foto: TIAGO CALDAS / FOTOARENA/FOTOARENA/ESTADÃO

O Avaí jogou por uma bola no estádio Barradão, em Salvador (BA), neste sábado, e ela veio ao 29 minutos do segundo tempo. Foi quando o artilheiro Junior Dutra aproveitou lançamento na medida de Willians e não desperdiçou a oportunidade de balançar as redes. Apesar do placar favorável, um dos principais nomes do Leão na partida foi novamente o goleiro Douglas, que operou alguns milagres. O Vitória ainda chegou a perder um pênalti no primeiro tempo. O jogo foi um confronto direto para tentar sair da zona de rebaixamento. Com o resultado o Avaí chega a 21 pontos e vai para a 17ª colocação na tabela. 

Logo no primeiro tempo Vitória e Avaí deixaram claro qual seria a estratégia de cada um. O primeiro pressionando pelo gol e o segundo apenas na defesa  e esperando o momento de um bom contra-ataque. Aos 23 minutos do primeiro tempo, após uma bola alçada na área pelo Vitória, e Douglas saiu mal e acertou o atacante David. O auxiliar próximo ao gol marcou o pênalti, que gerou bastante reclamação dos catarinenses. Na cobrança, Neílton bateu por cima do gol, para alívio dos avaianos. 

Três minutos após o pênalti, Neílton recebeu cruzamento e chutou frente a frente com o arqueiro do Avaí, que fez grande defesa. Os lances seguintes do final do primeiro tempo e começo do segundo seriam de mais oportunidades de gol para o time da casa, todas parando nas mãos de Douglas. 

No intervalo, questionado sobre a falta de pontaria do ataque do Avaí, o pior do campeonato com apenas 10 gols, Junior Dutra comentou que o time jogava por uma bola para tentar a vitória.

— Não estamos tendo grandes oportunidades, mas temos que aproveitar o segundo tempo para sair daqui com a vitória — disse Junior Dutra, ainda no intervalo.

Aos 29 minutos da segunda etapa, Willians deu passe açucarado sobre a zaga adversária e Junior Dutra teve tempo de dominar a bola e finalizar para o gol. Era a bola do jogo que o artilheiro tinha comentado minutos antes.

Após o gol, o Vitória pressionou o Leão, mas o técnico Claudinei Oliveira fez algumas alterações mais defensivas e conseguiu segurar o resultado. As próximas duas partidas do Avaí serão novos confrontos diretos contra a degola do Brasileirão, contra São Paulo (17º colocado) e Chapecoense (16º). 

FICHA TÉCNICA

Vitória: Fernando Miguel; Caíque Sá, Kanu, Bruno Bispo e Juninho; Ramon, Uillian Correia (Jhemerson), Patric (Danilinho) e David (Junior); Neilton e Trellez.
Técnico: Vagner Mancini.

Avaí: Douglas; Leandro Silva, Fagner Alemão, Betão e Capa; Luan, Wellington Simião e Pedro Castro (Luan Pereira); Willians (Maurinho), Junior Dutra (Diego Tavares) e Romulo.
Técnico: Claudinei Oliveira.

Gols: Junior Dutra (A), aos 29' do 2T.
Cartões amarelos: Kanu (V) e Doulgas (A).
Arbitragem: Ricardo Marques Ribeiro, auxiliado por Guilherme Dias Camilo e Sidmar dos Santos Meurer (trio de MG) 
Local: Barradão, em Salvador (BA)
Público pagante: 10.981 pagantes
Renda: R$ 165.389,00. 

Acesse a tabela do Brasileirão Série A 
Leia mais notícias sobre o Avaí


 Veja também
 
 Comente essa história