"Daqui a 200 anos vão falar que a Chapecoense esteve no Camp Nou", diz Neto sobre jogo em Barcelona Sirli Freitas/Chapecoense

Foto: Sirli Freitas / Chapecoense

Horas antes da partida contra o Barcelona no Camp Nou, o clima é de ansiedade entre a delegação da Chapecoense. Sobrevivente da tragédia na Colômbia, Neto está na Catalunha e destacou a importância da partida não só para ele, mas para toda a comunidade de Chapecó.

— Daqui a 200 anos ainda vão falar que a Chapecoense esteve no Camp Nou enfrentando um Barcelona com Messi e Suárez no ataque. É uma coisa que vai ser falada durante muitas gerações — disse o defensor, que ainda se recupera e tem retorno aos gramados marcado para o ano que vem.

Ainda segundo ele, a partida traz lembranças dolorosas, dos companheiros que se foram no acidente aéreo em Medellín, porém também o que festejar, como o retorno de Alan Ruscell aos gramados. Neto se disse confiante de que poderá retornar aos gramados, mas se disse feliz pelo companheiro.

— Sei que uma hora eu vou voltar. Ainda necessito fazer mais uma cirurgia, mas ver o Alan em campo é um sonho realizado não só para ele, mas também para mim e para o Follmann.

Chapecoense e Barcelona se enfrentam a partir das 15h30min (horário de Brasília) desta segunda-feira. Acompanhe a partida em tempo real.

 Veja também
 
 Comente essa história