JEC bobeia no primeiro tempo e sofre outra derrota fora de casa Divulgação/Assessoria do JEC

Com a derrota, JEC terá de buscar classificação para a próxima fase nas últimas três rodadas da Série C

Foto: Divulgação / Assessoria do JEC

Na teoria, a ousada escalação do técnico Pingo parecia interessante e agradava ao torcedor, ansioso por uma vitória tricolor fora de casa – algo que não acontece há cinco meses. Na prática, a estratégia não funcionou. Pior: o Joinville deu generosos espaços aos São Bento, que aproveitou as oportunidades e construiu o placar de 2 a 0 em menos de 30 minutos na noite desta sexta-feira, em Sorocaba, interior de São Paulo.

A derrota mantém o JEC fora do G4 da chave B. Com 21 pontos, o time pode até cair para a sétima colocação se os resultados no complemento da rodada não ajudarem.

Elton Carvalho: JEC foi castigado por uma estratégia sem necessidade

A busca pela tão sonhada classificação terá de ser decidida nas últimas três rodadas. Dois destes jogos ocorrerão na Arena – contra o Macaé, no próximo domingo, e diante do Mogi Mirim, na última rodada. No meio destes confrontos, o Joinville ainda precisará visitar o Bragantino, em Bragança Paulista.

Com apenas Renan Teixeira como volante de ofício no meio-campo, o Joinville foi completamente dominado pelo São Bento neste setor. Além dos erros cometidos, o Tricolor teve grandes dificuldades para chegar ao ataque.

Se já não bastasse esta dificuldade, os jogadores tricolores cometeram erros graves. No primeiro gol do São Bento, aos sete minutos, Zé Mateus cobrou lateral errado. Renan Teixeira perdeu a bola e permitiu Éder arriscar de fora da área. O meia da equipe paulista ainda contou com a ajuda de Matheus que, adiantado, viu a bola bater na trave esquerda e morrer dentro do gol.

O segundo gol dos donos da casa poderia ter saído aos 13 minutos, quando Maicon Souza cobrou falta que exigiu boa defesa do goleiro do JEC.

Mais tarde, outra falha de marcação do Joinville. Na bola enfiada por dentro, Éder escapou nas costas Alex Ruan. O meia cruzou e encontrou Everaldo livre dentro da área. O meia bateu de primeira e venceu Matheus: 2 a 0.

Atordoado pelos dois gols, o Joinville pouco fez na primeira etapa. Na volta do intervalo, até esboçou alguma reação em jogadas criadas por Bruno Rodrigues, Eliomar e Rafael Grampola. No entanto, faltava o capricho na definição.

No outro lado, o São Bento aproveitava os contra-ataques para chegar. O terceiro gol quase veio em outra falha de Matheus, que saiu mal do gol aos 14 minutos.

Mais tarde, o camisa 1 do JEC se redimiu e evitou que os donos da casa ampliassem o placar, evitando uma derrota ainda pior em Sorocaba.



 Veja também
 
 Comente essa história