Atletas em triciclos turbinados vão desafiar as curvas da Serra do Rio do Rastro neste sábado  Marcelo Maragni/Red Bull Content Pool

Red Bull Trike Strike será realizado neste sábado entre o meio-dia e às 15h30min na Serra do Rio do Rastro

Foto: Marcelo Maragni / Red Bull Content Pool

Uma mistura de bike e kart - os carrinhos têm uma roda de bicicleta na frente e duas de kart na traseira. Esse é o Drift Trike, um tipo de triciclo turbinado muito singular e que tem até torneio mundial. É com ele que 40 atletas vão desafiar as ladeiras da Serra do Rio do Rastro, no Sul de Santa Catarina, neste sábado, na terceira edição do Red Bull Trike Strike.     

— A Serra do Rio do Rastro é uma das locações mais desejadas aqui no Brasil, principalmente por causa de suas curvas íngremes. É um tipo de pista muito difícil de encontrar até mesmo em outros lugares do mundo. Os atletas vão descer com os trikes nos pontos mais desafiadores da Serra. Vai ser uma experiência única — prevê o presidente da Federação Brasileira de Drift Trike e curador do evento, Rafael Demmer.

Um trecho da Serra será bloqueado ao trânsito entre meio-dia e 15h30min, horário marcado para a competição, entre Bom Jardim da Serra e Lauro Müller. 

Confira abaixo vídeo das duas últimas edições do evento, em Minas Gerais. 

Os 40 atletas foram selecionados por meio de uma inscrição online. Serão duas baterias classificatórias. De acordo com uma base específica de pontos da prova, os 20 melhores passam para a decisão. O campeão será aquele que cruzar primeiro a linha de chegada.

— A competição aconteceu por dois anos seguidos no Morro do Ralado, em Nova Lima (MG), uma ladeira extremamente rápida e perigosa. Os praticantes adoravam. Mas buscando um novo desafio, lançamos a ideia da realização do evento na Serra do Rio do Rastro, considerada uma das estradas mais lindas e perigosas do mundo.  Do ponto de largada até a chegada são 44 curvas, desde curvas de alta velocidade como de baixa, que vão ser os pontos mais emocionantes — destaca Demmer.

Em Santa Catarina há grupos em várias regiões que praticam o esporte, principalmente em Blumenau, Joinville, Balneário Camboriú, Chapecó, Criciúma e Florianópolis.

triciclo, carrinhos, drift trike
Ao todo, 40 atletas vão desafiar as ladeiras de um dos cartões postais de Santa CatarinaFoto: Marcelo Maragni / Red Bull Content Pool

O presidente da Federação explica que o piso será um dos grandes desafios dos atletas. Há trechos de asfalto intercalando com cimento, o que muda a aderência dos triciclos. Outro desafio será o fato de ser uma pista estreita e que os pilotos vão ter que ter técnicas bem apuradas para realizar as ultrapassagens. 

— Nos anos anteriores, conseguimos trazer os 64 melhores pilotos do Brasil. Para esse ano, por uma questão de logística do evento, decidimos diminuir um pouco a quantidade de pilotos. Serão 40, dentre eles dois líderes do ranking argentino e um colombiano. O formato do evento também será algo novo. Nos anos anteriores havia uma tomada de tempo e baterias classificatórias até sabermos o campeão. Nesse ano vamos ter três baterias, duas classificatórias com os 40 pilotos descendo juntos, em que depois somaremos os pontos e definiremos os 20 melhores para uma grande final — frisa. 

Confira a lista dos competidores inscritos

Santa Catarina: Alessandro Austria, Alisson Ferreira, Cláudio Zina Junior, Diego Santos Fernandes, Fillipe da Maia, Flavio Pinto, Franciel Vivan, Guilherme Beduschi, Jardan Nunes da Silva, Juliano Santos, Richard Pereira Duarte e Sandro Rosa.
São Paulo: Ana Paula Barsotti, Bruno Plá, Edson Pires, Henrique Santos, Jamil Assunção, Laércio Prado, Laerty Simão Linhares, Marcelo José Verdi, Rodolfo Mendes, Rodrigo da Silva, Roger Faustino e Sidnei de Mattos Prado.
Minas Gerais: Charles Henrique Figueiredo, Lucas Moreira Elias e Lucas Ribeiro Miranda.
Paraná: Felipe Lopes, Felipe Farias e Peterson Roger Garcia.
Rio Grande do Sul: Cristiano Burguez Eccel, Guilherme Zapalai e Leonardo Behlke Fontana.
Demais estados: Diego Santos (SE), Juliano Coelho (GO), Patrick Degasperi (ES) e Taryk Thomazini (ES).
Internacionais: Agustin Fuks (ARG), Juan Camilo Zapata (COL) e Roberto Kelm (ARG).

O que é o Trike?

Drift Trike é um esporte criado na Nova Zelândia em meados de 2008. Consiste em um triciclo onde a roda dianteira é de uma bicicleta BMX e as rodas traseiras são de kart revestidas com PVC. O praticante precisa de uma ladeira de asfalto com muitas curvas para deslizar e fazer algumas manobras conhecidas como Slide e giro 360º. 

Dentro do esporte Trike existem duas categorias: o Drift e o Speed. Drift consiste no piloto deslizar fazendo manobras, e o Speed é quando os pilotos competem para ver quem chega mais rápido no final da ladeira.

triciclo, carrinhos, drift trike
As duas primeiras edições da competição ocorreram no Morro do Ralado, em Nova Lima (MG)Foto: Marcelo Maragni / Red Bull Content Pool


 Veja também
 
 Comente essa história