De virada, Criciúma vence o Londrina em casa e mantém esperança de acesso à elite CAIO MARCELO/ESPECIAL/DIARIO CATARINENSE

Alex Maranhão comemora gol na vitória do Criciúma por 2 a 1 sobre o Londrina

Foto: CAIO MARCELO / ESPECIAL/DIARIO CATARINENSE

Depois de sair atrás no placar, o Criciúma se organizou em campo e conseguiu a virada em cima do Londrina, na tarde deste sábado, no Heriberto Hülse. Os três pontos conquistados com o 2 a 1 no placar mantém o Tigre na oitava posição na tabela, mas diminuem a distância do G-4 (seis pontos). O time catarinense chega aos 42 pontos e uma sequência de quatro jogos sem perder, com duas vitórias e dois empates no Campeonato Brasileiro da Série B.

Depois da partida em casa, o Tigre tem alguns dias para se preparar antes da viagem a Curitiba. No dia 13, a equipe enfrenta o Paraná, às 20h30min, no Estádio Durival Brito. O confronto contra o vice-líder será o 15º do time catarinense como visitante. São cinco vitórias longe de casa - 18 pontos conquistados.

Vitória de virada

A primeira chance de gol foi do Criciúma logo com um minuto de jogo. Pela esquerda, Alex Maranhão cruzou na área, mas antes de Caique chegar o goleiro César defendeu. O Tigre mandou o recado e, mais tarde, no cruzamento de Diego Giaretta, Lucão tentou de cabeça, mas a bola subiu demais. 

Aos cinco minutos, o Londrina chegou a primeira vez com Negueba, que mandou um bomba da intermediária. Dois minutos depois, Alex Maranhão cobrou falta e Nino, de cabeça, obrigou César a fazer grande defesa. O Londrina passou a buscar mais o jogo. Em um contra-ataque, Carlos Henrique apareceu em velocidade pela direita. No cruzamento, Negueba se antecipou e mandou de primeira para abrir o placar, aos 11 minutos. 

Lucão, Criciúma, Londrina
No início da etapa final, Lucão fez o gol que decretou a virada do Criciúma no Heriberto HülseFoto: CAIO MARCELO / ESPECIAL/DIARIO CATARINENSE

O visitante ganhou confiança e melhorou no jogo, enquanto o Tigre tentava se recuperar do baque. Os dois times criaram boas chances. Quase nos acréscimos da etapa inicial, o Criciúma chegou ao empate. Lucão e Alex Maranhão apertaram a saída de bola. O zagueiro errou o passe e Maranhão conseguiu ficar com a bola. De frente para o goleiro, ele mandou com categoria no canto, aos 45, empatando a partida.

Embalado depois de igualar o placar no finalzinho do primeiro tempo, o Criciúma voltou cheio de gás para a etapa final. Aos 4 minutos, Alex Maranhão cobrou escanteio e Lucão mandou para o gol. Estava decretada a virada do Tigre. Esse foi o oitavo gol do atacante na Série B, que agora divide a artilharia do time com Silvinho. O Londrina estava a fim de jogo e tentou buscar o empate, mas o Criciúma conseguiu segurar o placar.

FICHA TÉCNICA

CRICIÚMA - 2: Luiz; Maicon Silva, Nino, Edson Borges e Diego Giaretta; Barreto (Jonatan Lima), Ricardinho, Caique (Erick Flores) e Alex Maranhão (Douglas Moreira); Silvinho e Lucão. Técnico: Beto Campos.
LONDRINA - 1: César; Lucas Ramon, Dirceu, Edson Silva e Ayrton; Romulo (Marcinho), Jardel e Germano; Artur, Negueba (Willian Henrique) e Carlos Henrique (Safira). Técnico: Cláudio Tencati.
Gols: Negueba (L, aos 11 minutos do 1º tempo), Alex Maranhão (C, aos 45 do 1º tempo) e Lucão (C, aos 4 minutos do 2º tempo).
Cartões amarelos: Barreto, Nino, Erick Flores e Douglas Moreira (C). Romulo, Lucas Ramon e Artur (L).
Arbitragem: Grazianni Maciel Rocha, auxiliada por Joao Luiz Coelho de Albuquerque e Wendel de Paiva Gouveia (trio do RJ).
Local: Estádio Heriberto Hülse, em Criciúma.
Público: 2.660
Renda: R$ 46.790

Leia outras notícias sobre o Criciúma
Acesse a tabela da Série B do Campeonato Brasileiro  

 Veja também
 
 Comente essa história