"Nós colocamos o Figueirense nesta situação e temos que tirar", frisa Jorge Henrique Luiz Henrique/Figueirense

Jorge Henrique (D) é uma das opções do técnico do Figueirense para o jogo de sábado

Foto: Luiz Henrique / Figueirense

Ciente da responsabilidade como um dos jogadores mais experientes do Figueirense, Jorge Henrique enfatiza que somente as vitórias interessam ao grupo. Recuperado de lesão, o atacante pode ser uma das novidades no time alvinegro que enfrenta o Santa Cruz, às 16h30min de sábado, no Orlando Scarpelli. Um confronto de duas equipes que lutam para sair da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro da Série B

— Não tem o que fazer diferente. Tem que vencer os jogos. Botar na cabeça que ali dentro de campo somos nós que temos que resolver, nós, jogadores, colocamos o Figueirense nesta situação e temos que tirar. E junto com a torcida, com se diz no futebol, ralando a bundinha no chão, se dedicando, tenho certeza que a torcida vai vir para o nosso lado. Nós temos que, dentro de campo, fazer o melhor de cada um — disse Jorge Henrique. 

O meia também comentou que, com a nova gestão do clube, acabaram os problemas com salários atrasados. O que antes era preocupação, segundo Jorge Henrique, agora não é mais motivo para atrapalhar os atletas dentro de campo. Porém, ele lamenta as mudanças de comando e de jogadores durante a competição. 

— Acho que mudança de comando, mudança de jogadores, você mudar a equipe no meio do campeonato fica mais difícil o entrosamento. Vários comandos também, métodos de trabalhar diferente de cada treinador, isso atrapalha um pouco. Não dá tempo de ficar se lamentando mais, é trabalhar e fazer o melhor de cada um — frisou Jorge Henrique.

Com o artilheiro Henan fora de ação por duas semanas por causa de lesão muscular, Zé Love e Jorge Henrique podem ganhar chance no ataque do Figueirense. 

Leia todas as notícias do Figueirense
Acesse a tabela da
Série B do Campeonato Brasileiro

 Veja também
 
 Comente essa história