A Liga francesa de futebol (LFP) informou à AFP, nesta quarta-feira, que o Paris Saint-Germain precisa se explicar à comissão jurídica da entidade sobre a situação do atacante Hayem Ben Arfa em até 15 dias, confirmando informação do jornal L´Equipe.

Questionada pela AFP, a LFP confirmou que a comissão jurídica da federação examinou o dossiê de Ben Arfa e pediu explicações do PSG em até 15 dias.

Descartado do elenco profissional durante alguns dias no início de setembro, Ben Arfa decidiu ficar em Paris apesar das ofertas que recebeu para deixar a equipe, contrariando o PSG.

Advogado de Ben Arfa, Jean-Jacques Bertrand indicou à AFP em 6 de setembro que "juridicamente, acho que o clube viola a cartilha do jogador profissional".

* AFP

 Veja também
 
 Comente essa história