Equipes de Florianópolis e Itajaí vencem na natação dos Jasc  Alessandro Koisume / Fesporte/Fesporte

Equipe de Itajaí comemora título na natação feminina

Foto: Alessandro Koisume / Fesporte / Fesporte

Os troféus da natação nos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) estão nas mãos de Florianópolis e Itajaí. A equipe da Capital venceu no masculino e a da cidade do litoral norte, no feminino. As competições em Lages encerram neste sábado. 

Por Florianópolis, o nadador Mauro Fernandes, 22 anos, conquistou seis medalhas de ouro e liderou a equipe junto com Lucas Kogut e Gustavo Carvalhais, ouro e bronze na prova dos 1.500 metros livre. 

— Foi a vitória da equipe, que mostra que o trabalho de base está sendo bem feito — destacou o técnico Filipe Corradini, que trabalhou em conjunto com os treinadores Carlos Camargo, Marcos Torres e Ricardo Azevedo.

Atleta cai, pedala 15 km machucada e fica com a prata no ciclismo nos Jasc

Fernandes ficou com o ouro em quatro provas individuais (400m medley, 200m borboleta, 400m livre e 200m medley) e dois revezamentos (4x100m e 4x200m livre). 

— Eu disse que tínhamos que fazer o nosso trabalho, pois se cada um fizesse o seu, poderíamos ganhar. Nossos revezamentos nadaram muito bem também — frisa o atleta, que superou o próprio recorde nos Jasc, pois em 2012 ele havia conquistado quatro ouros.

Histórias que inspiram o renascimento dos Jasc em Lages

Mesmo com o ouro de Leonardo Schilling na prova de 100 metros livre, Itajaí acabou com o segundo lugar no masculino. A equipe esperava pelo sucesso do nadador Arthur Ramalho nos 200 metros costas e 200 metros medley. Porém, ele chegou em Lages apenas na quinta por causa de uma viagem de trabalho a São Paulo. Ramalho conquistou o ouro nos 100 metros costas.

— Com meu tempo de balisamento, eu venceria as duas provas. Foi justamente a vantagem deles — disse o nadador.

Técnico de Itajaí, Roberto Facchini reconheceu os méritos do time da Capital, que, na sua visão, superou a expectativa. Entretanto, ficou feliz com o desempenho da equipe feminina de Itajaí. 

— Eu destaco a garra de todas elas, que lutaram o tempo todo e não desistiram — destacou Facchini, citando como exemplo a nadadora Jessica Bard, que nadou no sacrifício diante de uma lesão na lombar, e deixou o centro aquático carregada para receber atendimento médico.

Leia mais:
Com Olimpíada no currículo, Fischer é fonte de incentivo para os jovens nos Jasc
Jasc iniciam em Lages e já tem medalhista no atletismo e no ciclismo
Lages é oficializada como sede dos Jasc em 2017
Confira outras notícias sobre os
Jasc

icrbs.com.br/sc/ultimas-noticias/tag/jasc/">Jasc

 Veja também
 
 Comente essa história