Heróis ou vilões do Clássico: os candidatos de Avaí e Figueirense para a partida Arte DC/Arte DC

Foto: Arte DC / Arte DC

Serão 28 homens e um destino no jogo das 17h deste domingo, na Ressacada, em jogo pela quarta rodada do Campeonato Catarinense 2018. Elencamos oito candidatos a fazer a diferença no duelo que divide a Capital de Santa Catarina em azul e preto

Tudo do clássico entre Avaí e Figueirense no minuto a minuto do DC. Fique ligado! 

Marquinhos Avaí
Foto: André Palma Ribeiro / Avaí FC

Marquinhos (meia)
Dentro de campo é o homem que melhor sabe o peso que o clássico tem. Já se envolveu em polêmicas em jogos passados, e agora vai ser a voz tranquilizadora dentro de campo. O artilheiro da Ressacada — com um gol anotado sobre o arquirrival — foi poupado da partida no meio de semana para estar em melhores condições físicas ao duelo.
Ponto forte: bola parada

 FLORIANÓPOLIS, SC, BRASIL, 21-01-2018: Avaí x Joinville pelo Campeonato Catarinense 2018.
Foto: Cristiano Estrela / Diário Catarinense

Alemão (zagueiro)
Jogador que traduz em campo quando a torcida canta na arquibancada que o Avaí é o “time da raça”. Com ela o jogador conquistou espaço na equipe e vai transmiti-la aos companheiros de equipe. Mas não só isso. Ainda neste Catarinense, mostrou que está calibrado na bola aérea, inclusive na ofensiva - embora a arbitragem não tenha dado o gol ao defensor na vitória sobre o Joinville.
Ponto forte: jogo aéreo

Catarinense 2018, Hercilio Luz x AvaiTubarão - SC - ESPORTE - Lance da partida entre Hercilio Luz e Avai pela terceira rodada do Campeonato Catarinense 2018 no estádio Anibal Costa em Tubarão. Foto: Guilherme Hahn/EspecialIndexador: Guilherme Hahn/Especial
Foto: Guilherme Hahn / Especial

Martinuccio (meia-atacante)
Artilheiro da equipe neste início de campeonato, com dois gols, vai aparecer em campo, como titular ou saindo do banco de reservas. Agressivo, deixa a equipe mais ofensiva quando está dentro das quatro linhas. Pode ser utilizado no ataque ou jogar na armação próximo ao meia Marquinhos e aproveitar também uma de suas virtudes, os chutes ao gol de fora da área.
Ponto forte: finalização de longe

 FLORIANÓPOLIS, SC, BRASIL - 05/01/2018Treino do Avaí Futebol Clube na Ressacada
Foto: Marco Favero / Diário Catarinense

André Moritz (volante)
Cumprida a suspensão de quando ainda estava no futebol turco, ele está à disposição para a partida deste domingo. Pode formar dupla no miolo azurra com Judson ou entrar no decorrer da partida para dar fluidez à saída de bola, sua principal característica. Em uma partida que tende a ser muito disputada pelo meio de campo, é um trunfo também pela capacidade combativa aos atletas adversários.
Ponto forte: passe

André Luis , Figueirense
Foto: Luiz Henrique / Figueirense FC

André Luis (centroavante)
É o artilheiro da equipe neste campeonato, com dois gols. Tem a confiança de Milton Cruz e mostra nesta temporada que está em grande forma para contribuir com a equipe. Mais ágil, demonstra estar calibrado e vai ser importante para incomodar a dupla de zaga do adversário com deslocamento da grande área. Terá de mostrar oportunismo porque não deve ter muitas chances de finalizar.
Ponto forte: Presença na área

FLORIANÓPOLIS,SC BRASIL, 17/01/2018.FUTEBOL:Figueirense X Criciúma se enfrentam pela primeira rodada do Campeonato Catarinense 2018. na foto Maikon Leite comemora o gol.
Foto: Leo Munhoz / Diário Catarinense

Maikon Leite (atacante)
Em boa condição física neste começo de temporada, já mostrou que pode desequilibrar durante os jogos. Usou da agilidade para ser decisivo em favor do Figueira na estreia, no gol da vitória sobre o Criciúma. Ainda, tem uma característica importante no jovem elenco alvinegro. Ainda que com 29 anos, a bagagem no futebol lhe confere experiência para ser um dos líderes dentro de campo.
Ponto forte: velocidade

Felipe Amorim , Figueirense
Foto: Luiz Henrique / Figueirense FC

Felipe Amorim (meia)
Nos dois primeiros jogos, mostrou que vai ser o articulador da equipe, ainda que tenha condições de jogar mais adiantado, pelo lado direito da formação. Essa polivalência é bastante para fazer com que seja um dos candidatos a herói no clássico, mas dele se espera que seja o homem que vai criar a jogada das principais oportunidades da equipe na partida para vencer o embate na Ressacada.
Ponto forte: assistência

Zé Antônio , Figueirense
Foto: Luiz Henrique / Figueirense FC

Zé Antônio (volante)
As credenciais foram apresentadas na temporada passada. Cão de guarda da defesa, a tarefa deve ser reforçada neste domingo. Ele tem a missão de emperrar o meio de campo do adversário e ainda fazer com que a equipe jogue. Com o Figueira talhado para fazer uso da velocidade, é importante para auxiliar o meio de campo a rodar a bola com precisão antes para achar o lançamento.
Ponto forte: marcação

Veja a tabela completa do Estadual
Leia mais notícias sobre o
Catarinense 2018

 Veja também
 
 Comente essa história