Martinuccio resolve outra vez, e Avaí vence o Hercílio Luz Guilherme Hahn/Especial

Martinuccio comemora o gol que deu a vitória sobre o Leão do Sul

Foto: Guilherme Hahn / Especial

Novamente Martinuccio apareceu na área para usar a cabeça e dar a vitória ao Avaí. Foi assim sobre o Joinville, no último domingo, foi assim também na noite desta quarta-feira, no Anibal Costa, em Tubarão. O argentino aproveitou o cruzamento do estreante Rafinha e decretou o 1 a 0 azurra sobre o Hercílio Luz. O Leão da Ilha quebrou a invencibilidade do Leão do Sul no Campeonato Catarinense 2018.

Na próxima rodada, a quarta do Estadual, o Hercílio Luz sobe o Planalto Serrano para enfrentar o Inter de Lages, no Tio Vida. Já o Avaí volta para a Ressacada para o clássico com o Figueirense. Os dois jogos estão marcados para as 17h de domingo. 

Veja como foi a partida pelo minuto a minuto no DC Esportes

Os primeiros 30 minutos de jogo serviram para praticamente nada. As equipes sofriam com falta de criatividade na armação de jogadas e não houve lance de perigo. O único fato foi a obrigatória alteração hercilista, com a saída de Luiz Grande, machucado, para a entrada de Breno.  As jogadas de bola parada eram contidas pelas defesas, que não deram brechas para os atacantes. O Avaí ainda conseguiu chegar uma vez em lance trabalhado, mas Romulo bateu fraco demais, aos 35. A melhor oportunidade da etapa foi azurra, quatro minutos depois. Maurinho fez jogada individual, entrou na área e encheu o pé. Mas não encheu as redes, a bola passou rente ao poste do goleiro Martins.  De acordo com o lateral-esquerdo do Leão da Ilha, o gramado do Anibal Costa prejudicou.

— Em um brejo desse ninguém está jogando bola. É só ligação direta — disse João Paulo, na ida ao intervalo. 

Na volta do descanso, o Avaí esteve melhor. Foi o bastante para que, aos nove da segunda etapa, Martinuccio botasse o time visitante na frente. Em jogada de velocidade, o estreante Rafinha disparou pelo lado direito e botou na área. Pelo alto, o argentino apareceu para testar e sair comemorando o gol.  Instantes depois, a chance de ampliar ficou na trave, após cabeçada de Romulo. Com a vantagem, o Leão da Ilha se conteve. Marquinhos e Judson já ficaram de fora, poupados, e o time controlou a partida pensando no clássico de domingo, na Ressacada. 

Ainda mais depois do Hercílio Luz perder a chance do empate, aos 27, quando Lucão ficou de frente com Kozlinski e mandou para fora. O técnico Claudinei Oliveira tirou Judson do banco para coloca-lo no lugar de Lourenço para assegurar a vitória. O Hercílio Luz demonstrou vontade para alcançar o empate, mas não passou de uma vontade. O placar não mexeu mais e o Avaí ganha em confiança para enfrentar o clássico com o Figueirense. 

FICHA TÉCNICA

HERCÍLIO LUZ
Martins; Lucas Mota, Rafael, Sílvio Gomes e Bruninho; Leandro Melo, Revson, Jackson e Luiz Grando (Breno); Thiago Henrique (Lucão) e Lima. Técnico: Luis Carlos Cruz

AVAÍ
Kozlinski; Tiago Cametá (Airton), Alemão, Betão e João Paulo; Luan, Lourenço (Judson) e Martinuccio; Maurinho, Romulo e Rafinha (Luanzinho). Técnico: Claudinei Oliveira. 

GOLS: Martinuccio, aos 9 do segundo tempo (A).
CARTÕES AMARELOS: Rafael Cardoso e Sílvio Gomes (HL). Judson e Luan (A).
ARBITRAGEM: Diego da Costa Cidral, auxiliado por Helton Nunes e Diogo Berndt.
PÚBLICO: 1.365 torcedores
LOCAL: Anibal Costa, em Tubarão. 

Veja a tabela completa do Estadual
Leia mais notícias sobre o
Catarinense 2018

 Veja também
 
 Comente essa história