Catarinenses disputam torneio mundial de tênis juvenil em Criciúma Matheus Joffre/CBT

Foto: Matheus Joffre / CBT

Criciúma recebe a partir de segunda-feira mais uma edição da categoria 18 anos do Banana Bowl, um dos torneios infanto juvenil de tênis mais tradicionais do mundo. Três catarinenses disputam a chave principal: Kaue Costa, de São Miguel do Oeste, Leonardo Frederico, de Tijucas, e Mateo Reyes, equatoriano radicado em Itajaí.

O primeiro a garantir presença na competição foi Kaue Costa. Ele venceu o pré-qualificatório na última sexta-feira, superando o carioca Daniel Szczupak na final. Após uma maratona de jogos, ele ganhou a decisão de virada: 2/6, 6/4 e 6/2 para o catarinense.

— Foram seis jogos em três dias, foi muito puxado, mas o esforço valeu a pena. Tive jogos muito duros, mas consegui achar uma forma de vencer todos. A final foi um jogo longo, muito disputado. Ele começou muito bem, eu cometendo alguns erros, mas fui achando a melhor forma pra sair com vitória no terceiro set. Estou confiante, sei que os jogos serão duros na chave, mas estou feliz e espero ir muito bem — ressalta Kaue Costa.

Os outros catarinenses, Leonardo Frederico e Mateo Reyes, conseguiram a vaga na chave principal da competição pelos wild cards, uma forma de convites distribuídos pela organização. Vale ressaltar que a competição é organizada pela Confederação Brasileira de Tênis (CBT), com supervisão da Federação Internacional de Tênis (ITF) e da Confederação Sul-Americana de Tênis (Cosat). 

— Estou bastante motivado para jogar, torneio de nível muito alto, tem tenistas do mundo inteiro, difícil, mas estou confiante. Fiquei muito feliz com o wild card e só tenho a agradecer a CBT pela oportunidade de jogar a chave principal de um torneio tão importante quanto o Banana Bowl — destaca Mateo Reyes.

Tenistas de 33 países e referências do ranking mundial

A categoria 18 anos do Banana Bowl 2018 reúne tenistas de 33 países. São atletas da América do Sul, América do Norte, América Central e Caribe, Europa e Ásia — incluindo 11 brasileiros. Destaque para o argentino Sebastian Baez, quarto colocado no ranking mundial juvenil.

Já a categoria feminina terá participação de sete atletas brasileiras, incluindo Isabela Mercante, que venceu o pré-qualificatório e garantiu a vaga na chave principal. A competição ainda conta com a colombiana Maria Camila Osorio, oitava colocada do ranking mundial juvenil.

Esse é o segundo ano que Criciúma recebe a categoria 18 anos do Banana Bowl, enquanto as demais são disputadas simultaneamente em Caxias do Sul. Os jogos serão realizados a partir desta segunda-feira na Sociedade Recreativa Mampituba, e a entrada é gratuita para quem quiser acompanhar o torneio.

Leia Mais

Justiça concede liminar e jogo Chape x Avaí terá presença de torcedores na Arena Condá

Asfalto, areia e mato: confira o calendário de corridas em Santa Catarina em 2018

Jurerê recebe etapa de abertura do Circuito Rei e Rainha do Mar 2018

 Veja também
 
 Comente essa história