Nos acréscimos, Criciúma faz 2 a 1 e vence a segunda no Catarinense Caio Marcelo / Especial/Especial

Foto: Caio Marcelo / Especial / Especial

Com um início de jogo quente, sob protestos da torcida e com gol a um minuto, o Criciúma não desistiu e conquistou a vitória sobre o Joinville já nos acréscimos, no Heriberto Hülse. Depois de seis rodadas sem vencer, o Tigre garantiu três pontos importantes para começar a recuperação no campeonato. Do outro lado, o JEC mantém a campanha incômoda de não vencer fora de casa do Estadual. 

Em manifestação contra a má fase do Criciúma no campeonato, a torcida organizada Os Tigres estendeu faixas de protesto. O árbitro Fernando Henrique de Medeiros Miranda acionou o delegado da partida e o jogo só começou depois que a Polícia Militar conversou com os torcedores, que recolheram os materiais. Sem tempo a perder, o Criciúma se lançou para o ataque, e na assistência de Mailson, João Paulo abriu o placar com um minuto de jogo.

O Tigre continuou criando com Elvis, mas o Joinville passou a explorar as laterais em busca do empate. Em momento de pressão dos visitantes, Sandro derrubou o jogador do JEC na área, e a arbitragem marcou pênalti. Na cobrança, Grampola igualou o placar aos 25 minutos, marcando o quarto gol dele no Catarinense. O Coelho ganhou confiança e chegou outras vezes com perigo, enquanto os donos da casa tentavam se recuperar da igualdade no placar.

Com duas mudanças no intervalo, o Criciúma voltou bem melhor. O Tigre criou várias oportunidades, mas faltava um  homem de referência na área para colocar a bola para dentro. Enquanto isso, o Joinville apostava nos contra-ataques para buscar a vitória fora de casa, mas a partida se encaminhava para a igualdade no placar. Nos acréscimos, aos 47, João Paulo brilhou mais uma vez e marcou o segundo, para a alegria do torcedor.

No domingo, os dois times têm compromisso com equipes do Sul do Estado, pela nona rodada. O Coelho joga na Arena Joinville, às 17h, quando recebe o Atlético Tubarão que briga para deixar a lanterna do campeonato. Mais tarde, às 19h30min, o Criciúma vai até o Estádio Anibal Torres Costa onde enfrenta o Hercílio Luz, que está no meio da tabela.


FICHA TÉCNICA

Gols: João Paulo, do Criciúma, com 1 minuto de jogo e aos 47 do segundo tempo. Grampola, do JEC, aos 25. 

Cartões amarelos: João Paulo, Sandro, Barreto, Elvis, Mailson, do Criciúma. Lazio, Evaldo, Alisson, Alex Ruan, Madson, do Joinville.

CRICIÚMA - 2

Luiz; Jean Mangabeira (Eltinho), Nino, Sandro e Andrew; Barreto (Lucas Coelho), Douglas Moreira, Wallacer (Luiz Fernando) e Elvis; Mailson e João Paulo. Técnico: Grizzo (interino).

JOINVILLE - 1

Matheus, Dick, Evaldo (Alisson), Lazio e Alex Ruan; Eduardo Person, Michel Schmöller, Murilo Rangel (Renan Teixeira), Madson, Thiago Alagoano (Elias); Rafael Grampola. Técnico: Rogério Zimmermann.

Arbitragem: Fernando Henrique de Medeiros Miranda, auxiliado por Johnny Barros de Oliveira e José Roberto Larroyd.

Local: Heriberto Hülse, em Criciúma.

Público: 2.497

Renda: R$ 39.650

Confira mais notícias sobre o Campeonato Catarinense 2018
Confira a tabela do Estadual. 

 Veja também
 
 Comente essa história