Súmula de Inter 1 x 1 Joinville relata discussão com a arbitragem após a partida Nilton Wolff/O Goleador

Foto: Nilton Wolff / O Goleador

No empate em 1 a 1 entre Inter de Lages e Joinville, pela 12ª rodada do Campeonato Catarinense 2018, o árbitro Edson da Silva relatou discussão com integrantes da equipe mandante da partida disputada no Tio Vida. O técnico Rodrigo Fonseca foi excluído antes do término do duelo, o zagueiro Fernando Belém foi expulso e o homem do apito ainda descreveu reclames do presidente Cristopher Nunes e do coordenador de futebol Leandro Niehues.

O primeiro a sair da partida ante o JEC foi o técnico Rodrigo Fonseca. Conforme o relato de Edson da Silva, aos 43 do segundo tempo, o comandante do Leão Baio saiu por causa de reclamação sobre marcações. Ele escreveu: “Tudo contra a gente, p***. Estamos sendo roubados novamente”. Por causa da exclusão, o treinador não pode estar na beira do campo no jogo das 20h30min de segunda-feira, contra o Hercílio Luz, em Tubarão. Auxiliar Juninho Chicchinato vai ocupar a função.

A expulsão do treinador motivou a reclamação do zagueiro Fernando Belém, depois do último apito. De acordo com a súmula, o defensor do Inter disse ao árbitro: “Tu é um ignorante, ninguém pode falar contigo”. Por causa dela, o atleta recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso, sendo a segunda ausência no jogo de segunda, no Anibal Costa.

Por fim, o presidente Cristopher Nunes e o coordenador de futebol Leandro Niehues adentraram ao gramado para reclamar. A atitude também foi relatada em súmula. Conforme Edson da Silva, o dirigente máximo disse: “Edson, você picou muito o jogo e tens que entender que estamos em uma situação delicada, não precisava expulsar nosso capitão”. Já Niehues também se dirigiu ao árbitro: "Edson, não precisa disso, o jogo já acabou. Sempre contra nós".

Confira a tabela do Estadual
Confira mais notícias sobre o
Campeonato Catarinense 2018

 Veja também
 
 Comente essa história