TEMUCO, CHILE, 14/06/2015. Brasil x Peru, jogo válido pela primeira rodada da Copa América 2015 e realizado no estádio Germán Becker em Temuco, Chile, Domingo, Junho 14, 2015.Brazils forward Neymar and Perus defender Luis Advincula vie for the ball during their 2015 Copa America football championship match, in Temuco, Chile, on June 14, 2015.  AFP PHOTO / NELSON ALMEIDAEditoria: SPOLocal: TemucoIndexador: NELSON ALMEIDASecao: SoccerFonte: AFPFotógrafo: STF
Com Neymar em campo, Brasil perdeu para o Peru e foi eliminado na Copa América CentenárioFoto: Nelson Almeida / AFP

Você lembra da última participação da Seleção Brasileira em uma competição oficial? É, a lembrança é desespero. No dia 12 de junho de 2016, o Brasil perdia para o Peru por 1 a 0 em partida válida pela terceira rodada do grupo B, com gol irregular de Ruidíaz e dava adeus, de forma vergonhosa, a Copa América Centenário. A eliminação precoce causou a demissão do técnico Dunga e a contratação de Tite, juntamente com uma reformulação do grupo brasileiro. 

Na oportunidade, a Seleção Brasileira podia até empatar para ficar com a vaga. O Brasil tinha empatado em zero com o Equador e goleado o Haiti por 7 a 1. Mas a derrota para o Peru foi suficiente para a eliminação brasileira. Viu algo parecido?

O atual treinador já viveu uma situação parecida com o Corinthians, quando foi eliminado na pré-Libertadores diante do Tolima. O comandante brasileiro confirmou que existe a possibilidade de isso voltar a acontecer, mas acredita que as tragédias anteriores foram aprendizado para brilhar no futuro. 

Vivendo uma situação parecida, o Brasil não quer repetir os erros do passado. O objetivo é vencer a Sérvia e confirmar a primeira colocação do grupo E na Copa do Mundo. O comandante do Brasil trouxe qualidade ao time, fazendo peças importantes, que estavam apagadas com Dunga, voltar a jogar. Apesar do início ruim, a Seleção segue como favorita ao título e tem tudo para confirmar a recuperação diante da Sérvia. 

Para o confronto, Tite já confirmou a presença de Willian no time titular. O treinador do Brasil pede atenção a bola aérea adversária. 

“Tem característica de bola aérea ofensiva, mas tem a qualidade técnica, individual, jogadores de qualidade. Precisamos evitar faltas próximas, laterais, encurtar, bloquear e tirar proveito de algo que possa nos beneficiar de altura maior, a vida é assim, vamos buscar isso”, falou o treinador.

Só para lembrar, o Brasil não é eliminado na fase de grupos em uma Copa desde 1966. 

vai brasil, copa, copa 2018, divulgação, nsc
Foto: Arte DC


 Veja também
 
 Comente essa história