Fred volta aos treinos e afasta risco de corte da Seleção Pedro Martins/MoWA Press,Divulgação

Fred sentiu o tornozelo após entrada acidental de Casemiro em um treinamento

Foto: Pedro Martins / MoWA Press,Divulgação

A comissão técnica da Seleção terá uma boa notícia para o treino de amanhã, sexta-feira, último antes da viagem a Rostov, onde o Brasil estreia na Copa do Mundo contra a Suíça. Fred, que vinha ficando de fora dos trabalhos com bola para se recuperar de uma pancada no tornozelo, sofrida em um lance acidental com Casemiro, voltou aos treinos com seus companheiros.

Mas, no treino fechado desta quinta-feira, aqui em Sochi, casa brasileira na Rússia, ele ainda será preservado. Mais por garantia. Apesar da confiança em sua recuperação, restava alguma preocupação. Copa é um torneio curto, de apenas sete jogos para o campeão. Até lesões mais simples podem tirar um jogador dos planos, e Fred é aposta forte de Tite no banco de reservas. 

Ele é uma das opções em alta para quando for preciso fortalecer a marcação no meio-campo sem perder a mobilidade. Sua presença no treino de sexta-feira acabará, a menos que algo surpreende aconteça, com o risco de corte, que é permitido até 24 horas da estreia com a devida comprovação médica apresentada à Fifa. O meia Renato Augusto, outro que esteve ameaçado, este com problema muscular, já voltou aos treinos com bola.

Após a Copa do Mundo, o volante Fred mudará de clube. O Shakhtar Donetsk o negociou com o Manchester United por 55 milhões de euros. Exatos 2,5% desse valor vão para o Inter, conforme o Mecanismo de Solidariedade da Fifa, que premia os clubes formadores.

vai brasil, copa, copa 2018, divulgação, nsc
Foto: Arte DC

Leia Mais

Seleção Brasileira: um Paulinho mais contido e alerta contra a Suíça

Copa do Mundo 2018: quem são as apostas para capitão na Seleção de Tite

Copa do Mundo 2018: técnicos do futebol brasileiro projetam a Seleção

 Veja também
 
 Comente essa história