Rússia goleia a Arábia Saudita e começa bem o Mundial Alexander NEMENOV/AFP

Ex-jogador do Real Madrid, Denis Cheryshev foi o autor do segundo e do quarto gol da equipe russa

Foto: Alexander NEMENOV / AFP

A Rússia fez o dever de casa. Em partida de abertura da Copa do Mundo 2018, a seleção europeia confirmou o favoritismo e goleou a Arábia Saudita por 5 a 0, nesta quinta-feira, no estádio Luzhniki, em Moscou. Destaque deste primeiro jogo fica por conta da estrela do treinador russo Stanislav. Ele acertou em duas substituições, Cheryshev e Dzyuba, que marcaram diante dos árabes. A goleada também afasta a má fase do time russo, que tinha perdido os dois amistosos de preparação e estava em dívida com a torcida. Nesta sexta-feira, Egito x Uruguai completam a primeira rodada do Grupo A. Já a Rússia volta a jogar no Mundial no próximo dia 19, diante do Egito. No dia seguinte, a Arábia Saudita encara a Celeste.

Dois gols no primeiro tempo

A primeira partida da Copa começou truncada, com muitos erros de passe e nenhum perigo de gol. Jogando em casa, a Rússia buscou, de forma desorganizada, chegar ao gol adversário. Em uma destas investidas, saiu o primeiro gol do Mundial.

Aos 11 minutos, Golovin cruzou da esquerda e Gazinskii, de cabeça, livre, tocou de cabeça, encobrindo o goleiro AlMayouf. Depois do gol, as donas da casa conseguiram dominar a partida e por pouco a Rússia não ampliou com o seu camisa 9. Aos 15, em boa jogada pela direita, Mario Fernandez cruzou na pequena área e a zaga se esticou para tirar a bola do Samedov. O goleiro também teve que se esticar para evitar o gol.

A equipe saudita respondeu apenas aos 20 minutos. Al Shahrani escapa pela esquerda, cruza na área e Kutepov corta de cabeça pela linha de fundo. Aos 22 minutos, Dzagoev faz jogada e acaba sentindo a perna. O jogador não conseguiu seguir na partida e deu entrada para Cheryshev.

Depois da metade do primeiro tempo, a Arábia Saudita começou a gostar do jogo. Com toque rápido, a seleção saudita buscava espaços na defesa russa, mas pecava no último passe. Já a Rússia, buscava surpreender no contra-ataque. E aos 41, em grande jogada da Rússia, contra-ataque, Cheryshev, que entrou no lugar do lesionado Dzagoev, recebeu na área, tirou de dois zagueiros e chutou para ampliar para as donas da casa.

 Saudi Arabias midfielder Yahya Al-Shehri (L) vies with Russias midfielder Yuri Gazinskiy during the Russia 2018 World Cup Group A football match between Russia and Saudi Arabia at the Luzhniki Stadium in Moscow on June 14, 2018. / AFP PHOTO / Patrik STOLLARZ / RESTRICTED TO EDITORIAL USE - NO MOBILE PUSH ALERTS/DOWNLOADSEditoria: SPOLocal: MoscowIndexador: PATRIK STOLLARZSecao: soccerFonte: AFPFotógrafo: STR
Foto: Patrik STOLLARZ / AFP

Goleada é confirmada na segunda etapa

O segundo tempo começou da mesma forma que o primeiro, com duas equipes com muita vontade, mas com pouca técnica e qualidade. A Rússia chegou primeiro. Aos 6 minutos, Samedov chutou da intermediária, mas a bola foi por cima do gol saudita. Aos 11, a Arábia respondeu com Faraj. Em cruzamento pela direita, o meia se esticou na pequena área, mas não conseguiu chegar na bola. Aos 22, os russos responderam com Zobnin. O jogador invadiu a área e bateu cruzado para boa defesa de AlMayouf. O goleiro espalmou a batida e afastou o perigo.

Aos 25min, a Rússia amplia com Dzyuba, que tinha acabado de entrar no lugar de Smolov. O atacante recebeu cruzamento da direita e subiu para cabecear sozinho e estufar as redes sauditas. Depois do terceiro, os russos administraram a partida e ainda marcaram mais dois. Aos 46, Cheryshev acertou um belo chute da intermediária e fez o quarto. Aos 48, Golovin cobrou falta e acertou o canto do goleiro Al Mayouf. Final, Rússia 5 a 0.

vai brasil, copa, copa 2018, divulgação, nsc
Foto: Arte DC

Leia Mais

Fotos: Confira a festa da torcida russa

Copa 2018: abertura tem Ronaldo Nazário, bate-bola com mascote, 80 mil torcedores e discurso de Putin

Gazinsky: o autor do primeiro gol da Copa

Copa do Mundo 2018: Veja os melhores memes da abertura

 Veja também
 
 Comente essa história