Argentina deixa a Rússia devendo US$ 121 mil em multas para a Fifa Luis Acosta/AFP

Foto: Luis Acosta / AFP

Mesmo deixando a Copa do Mundo da Rússia cedo, com uma eliminação nas oitavas de final, a Argentina conquistou um ingrato título: o de campeã em multas na competição. O time de Messi acumulou infrações e terá de pagar US$ 121 mil à Fifa — mais do que qualquer outro país até agora. As informações são do jornal O Globo.

Jorge Sampaoli permanece como técnico da Argentina

O valor somado das multas se deve principalmente à briga que envolveu torcedores argentinos e croatas, quando os hermanos perderam por 3 a 0. Alguns sul-americanos foram flagrados chutando um croata no chão, nos corredores do estádio em que as duas seleções se enfrentaram, em Nizhny Novgorod. O episódio rendeu multa de US$ 105 mil à seleção alviceleste.

Confira a tabela de jogos da Copa do Mundo 2018

Além disso, a Federação Argentina terá que desembolsar mais US$ 15 mil como multa devido ao fato do time ter recebido cinco cartões amarelos em uma mesma partida — o mesmo aconteceu com Colômbia e Marrocos.

Também na Copa do Mundo disputada no Brasil os argentinos foram campeões em multas: receberam punição de US$ 303 mil por não terem levado um jogador à coletiva de imprensa pré-jogo por quatro partidas seguidas.

O que os dirigentes da CBF pensam sobre Renato na Seleção Brasileira

Semifinalistas revertem tendência e mantêm mais posse de bola na Copa

 Veja também
 
 Comente essa história