John Terry, ex-zagueiro do Chelsea e da Inglaterra, anunciou nesta quarta-feira que recusou a oferta do Spartak de Moscou por razões familiares.

No sábado, vários veículos de comunicação britânicos publicaram que o defensor estaria próximo a se unir ao clube russo, com contrato de um ano no valor de 2,3 milhões de euros.

"Depois de pensar muito, decidi recusar a oferta do Spartak de Moscou", anunciou Terry em sua conta no Instagram. "Quero aproveitar a ocasião para desejar ao clube e seus torcedores o melhor para a temporada", afirmou o defensor de 37 anos.

Terry deixou o Chelsea em 2017 para vestir a camisa do Aston Villa por uma temporada, deixando o time de Birmingham ao final de seu contrato de um ano sem conseguiu levar a equipe à promoção para a Premier League.

O zagueiro defendeu a Inglaterra em 78 oportunidades e é um dos mais vitoriosos da história do Chelsea, com cinco títulos da Premier League, cinco da FA Cup e a Liga dos Campeões de 2012.

* AFP

 Veja também
 
 Comente essa história