Irreconhecíveis, os campeões do mundo da França precisaram que Kylian Mbappé saísse do banco de reservas para salvar um empate em 2 a 2 com a Islândia, nesta quinta-feira em amistoso disputado em Guingamp.

A França chegou perto de sofrer a primeira derrota de sua história para a Islândia, mas Mbappé apareceu para provocar um gol contra islandês (86 minutos) e converter um pênalti (90) para garantir o empate.

O jovem talento francês parece não ter limites nesta temporada, alguns dias depois de anotar quatro gols na vitoria do PSG sobre o Lyon (5-0), pelo Campeonato Francês.

De olho na partida válida pela Liga das Nações contra a Alemanha, na próxima terça-feira, o técnico Didier Deschamps optou por preservar Mbappé, deixando o atacante no banco.

Mas, diante do jogo preguiçoso apresentado pelos Bleus, Deschamps mudou de ideia com 15 minutos do segundo tempo.

A decisão foi acertada. Mbappé iniciou a jogada que resultou num gol contra da Islândia e empatou a partida com uma cobrança segura de pênalti, após uma mão na bola na área nórdica.

Até a entrada de Mbappé, os islandeses estavam melhores na partida e mereciam a vitória, que vinha sendo construída com gols de Bjarnason (30) e Arnason (58).

Graças a Mbappé, a França, atual campeão do mundo, defendeu sua série de invencibilidade, que chega agora a 14 jogos.

* AFP

 Veja também
 
 Comente essa história