Quatro jogos em vez de dez. A 17ª rodada do Campeonato Francês foi afetada com a iminência do quarto final de semana de mobilização dos "jalecos amarelos", que adiaram entre as partidas de Paris Saint-Germain, Olympique de Marselha e Monaco.

No sábado, serão disputados apenas os confrontos entre Guingamp-Amiens e Rennes-Dijon, enquanto Estrasburgo-Caen e Lille-Reims se enfrentam no domingo. Os demais jogos foram adiados para o dia 16 de janeiro de 2019, a próxima data disponível do calendário do futebol francês.

Neste período, o PSG deve estar no Catar para honrar o acordo de patrocínio com a oficina de turismo do país (QTA). Mas "sempre posso solicitar uma derrogação excepcional para a Liga de futebol profissional", explicou o diretor geral da instância, Didier Quillot, ao jornal francês L'Equipe.

O Lille, único time entre os oito primeiros colocados que vai conseguir entrar em campo, tem a chance de consolidar sua segunda colocação em casa contra o Reims (11º).

-- Programação da 17ª rodada da Ligue 1, pelo horário de Brasília:

- Sábado:

(17h00) Guingamp - Amiens

Rennes - Dijon

- Domingo:

(12h00) Strasbourg - Caen

(14h00) Lille - Reims

- Adiados:

Monaco - Nice

Paris SG - Montpellier

Angers - Bordeaux

Nîmes - Nantes

Toulouse - Lyon

Saint Etienne - Olympique de Marselha

Classificação: Pts J G E P Gf Gc dif

1. Paris SG 44 16 14 2 0 49 10 39

2. Lille 30 16 9 3 4 24 14 10

3. Montpellier 29 16 8 5 3 24 12 12

4. Lyon 28 16 8 4 4 26 20 6

5. Olympique de Marselha 26 16 8 2 6 29 25 4

6. Saint Etienne 26 16 7 5 4 24 21 3

7. Nice 25 16 7 4 5 12 14 -2

8. Nîmes 23 16 6 5 5 24 21 3

9. Strasbourg 22 16 5 7 4 25 19 6

10. Bordeaux 21 16 5 6 5 19 19 0

11. Reims 21 16 5 6 5 10 14 -4

12. Nantes 20 16 5 5 6 24 24 0

13. Rennes 20 16 5 5 6 21 25 -4

14. Angers 18 16 4 6 6 19 21 -2

15. Toulouse 18 16 4 6 6 14 24 -10

16. Dijon 16 16 4 4 8 16 26 -10

17. Caen 13 16 2 7 7 13 20 -7

18. Monaco 13 16 3 4 9 16 24 -8

19. Amiens 13 16 4 1 11 14 29 -15

20. Guingamp 8 16 1 5 10 11 32 -21

* AFP

 Veja também
 
 Comente essa história