Chapecoense renova apoio para associação das vítimas Divulgação / Chapecoense/Chapecoense

Porto (e) assume a Abravic no lugar de Gabriel (d), com o presidente do clube, Plinio David de Nes Filho

Foto: Divulgação / Chapecoense / Chapecoense

A Chapecoense anunciou nesta quinta-feira a renovação do apoio financeiro para a Associação Brasileira das Vítimas do Acidente com a Chapecoense (Abravic). A parceria que iniciou em 2017 e tinha compromisso até o final de 2018 foi renovada por mais um ano. 

Houve um acréscimo de R$ 5 mil mensais, passando de R$ 28,8 mil para R$ 33,8 mil. Os recursos são utilizados para auxílio das famílias em questões como consultas de saúde, educação dos filhos e assistência social. 

Um dos mentores da associação foi o ex-jogador da Chapecoense, Túlio de Melo, com o apoio de outros atletas e ex-atletas, além de empresas.

O contrato de renovação da parceria foi assinado pelo presidente do clube, Plinio David De Nes Filho e o presidente da Abravic, Gabriel de Andrade, que vai passar o cargo para o advogado Ricardo Porto.

Leia mais notícias sobre a Chapecoense

 Veja também
 
 Comente essa história