Manezinho Mateus Herdy é campeão mundial de surfe Pro Jr JACK BARRIPP/WSL

Foto: JACK BARRIPP / WSL

O manezinho Mateus Herdy, de 17 anos, é o novo campeão mundial Pro Junior da Liga Mundial de Surfe (WSL). Na final do Taiwan Open of Surfing, contra o norte-americano Eithan Osborne, ele bateu todos os recordes, com nota 9,77 numa onda em que mandou dois aéreos, além dos 18,23 pontos que totalizou nas direitas no porto de Jinzun.

Mateus fez uma manobra forte na parede da onda antes de buscar a rampa para voar. Aterrisou do 360º e seguiu na onda, mandando um segundo aéreo rodando para finalizar a onda. O surfista ficou em pé na prancha erguendo as duas mãos pedindo nota 10. nenhum dos cinco juízes deu nota máxima, apesar de considerarem a melhor apresentação do campeonato.

O catarinense entra para o seleto grupo de brasileiros que conquistaram a maioria dos títulos na história do Mundial Pro Junior, iniciada em 1998. Entre eles, os que depois se tornaram campeões mundiais do CT, Gabriel Medina e Adriano de Souza. O recorde começou a ser escrito pelo carioca Pedro Henrique no ano 2000. Depois, Mineirinho levou o troféu de 2003, o cearense Pablo Paulino foi bicampeão em 2004 e 2007, Caio Ibelli ganhou o título de 2011, Gabriel Medina o de 2013 e o carioca Lucas Silveira tinha vencido o último em 2015. 

São oito títulos do Brasil, contra cinco da Austrália, quatro do Havaí com Andy Irons ganhando o primeiro da história em 1998 antes de ser tricampeão mundial, um da França, um de Portugal e um da África do Sul. Os Estados Unidos continuam sem nenhum, mas a californiana Kirra Pinkerton já tinha quebrado o tabu em Taiwan, ao conseguir o primeiro título norte-americano em 20 anos de Mundial Pro Junior. As meninas só começaram a disputar essa competição em 2005 e as australianas venceram metade das quatorze edições.

Manezinho Mateus Herdy é campeão mundial de surfe PRO JR
Foto: JACK BARRIPP / WSL


 Veja também
 
 Comente essa história