O ex-jogador do Newcastle Jets Andy Brennan revelou nesta terça-feira sua homossexualidade, tornando-se assim o primeiro jogador de futebol profissional australiano a fazê-lo.

O atleta de 26 anos afirmou que após seu anúncio recebeu muitas demonstrações de apoio de sua família, amigos e companheiros.

"Precisei de muitos anos para me sentir confortável e dizer que sou gay", disse Brennan no Instagram, que atualmente joga na equipe Green Gully Cavaliers, da segunda divisão australiana.

"Eu tinha medo de que isso afetasse minhas amizades, meus companheiros de equipe e minha família. Mas o apoio das pessoas que me cercam tem sido grande e me ajudou a dar o passo final", acrescentou.

Uma nota no site da liga australiana afirma que Brennan é "o primeiro jogador australiano de futebol a declarar sua homossexualidade", acrescentando que tinha uma namorada até junho do ano passado.

"Há seis meses eu estava pensando muito sobre isso. Tentei escondê-lo devido ao temor de como seria percebido por muitos", afirmou ao Herald-Sun.

"Cheguei a um ponto em que não podia perder mais tempo em relações nas quais não me sentia confortável", disse Brennan.

A homossexualidade segue sendo um tema tabu em muitos círculos futebolísticos. No ano passado, o atacante francês do Arsenal, Olivier Giroud, disse ao jornal Le Figaro que seria "impossível" para futebolistas declarar que são gays.

O anúncio de Brennan chega depois de um incidente no mês passado em que o jogador australiano de críquete James Faulkner pareceu declarar sua homossexualidade, antes de esclarecer que sua mensagem nas redes sociais sobre um "namorado" era apenas uma piada.

* AFP

 Veja também
 
 Comente essa história