O espanhol Rafael Nadal, número 2 do mundo e que busca um 12º título em Roland Garros (26 de maio-9 de junho), poderia ter como adversário nas semifinais o suíço Roger Federer, que caiu em seu lado na chave, após o sorteio realizado em Paris.

Os dois lendários rivais, que se enfrentaram quatro vezes na carreira na final do Grand Slam francês, todas elas vencidas pelo espanhol, não poderiam se reencontrar até as semifinais.

Federer, número 3 do mundo e que não compete em Paris desde 2015, é uma das grandes incógnitas do torneio e começará a campanha contra o italiano Lorenzo Sonego (73º).

Nadal teve, a priori, sorte no sorteio das chaves.

O espanhol estreará contra um adversário saído do qualy, teoricamente mais fraco, e na segunda rodada ocorreria o mesmo, já que os dois possíveis adversários também serão oriundos da fase preliminar do torneio.

Na terceira rodada, porém, Nadal poderá ter pela frente o belga David Goffin (30º) e, nas quartas, o georgiano Nikoloz Basilashvili (18º) ou o argentino Guido Pella (22º).

Em sua chave também está o japonês Kei Nishikori (7º), que só mediria forças com Nadal nas quartas de final.

Federer, que volta a Roland Garros pela primeira vez desde 2015, poderá encarar nas oitavas o argentino Diego Schwartzman (20º) e o grego Stefanos Tsitsipas (6º) nas quartas.

Nadal chega a Paris após ganhar o Masters 1000 de Roma, o que lhe dá confiança após as derrotas nas semanas anteriores nas semifinais de três torneios consecutivos (Monte Carlo, Barcelona, Madri).

Na outra metade da chave, o sérvio Novak Djokovic, número 1 do mundo, estreia em Roland Garros contra o polonês Hubert Hurkacz (43º).

Em hipotéticas oitavas de final, 'Djoko' poderia enfrentar o croata Borna Coric (15º) e, nas quartas, esperaria teoricamente pelo alemão Alexander Zverev (5º) ou o italiano Fabio Fognini (11º).

Um confronto com Dominic Thiem (4º), atual vice-campeão de Roland Garros, só aconteceria nas semifinais.

- Osaka-Serena nas quartas -

Na chave feminina, a americana Serena Williams, que persegue um histórico 24º título de Grand Slam na carreira, poderia ter que enfrentar nas quartas de final a número 1 do mundo, a japonesa Naomi Osaka.

A atual campeã de Roland Garros, a romena Simona Halep (3), terá como adversária na primeira rodada a australiana Ajla Tomljanovic (47º).

Entre os duelos mais atrativos da primeira rodada estará o da americana Venus Williams, irmã de Serena e bicampeã em Paris, contra a ucraniana Elina Svitolina (9ª).

A letã Jelena Ostapenko, campeã em 2017, estreia diante da ex-número 1 do mundo bielorrussa Victoria Azarenka, enquanto a espanhola Garbiñe Muguruza, 19ª do mundo e que ergueu o troféu em 2016, iniciará a campanha contra a americana Taylor Townsend (96º).

* AFP

 Veja também
 
 Comente essa história