O Lyon conquistou sua quarta Liga dos Campeões feminina consecutiva, a sexta desde 2011, ao golear por 4 a 1 o Barcelona, com direito a show da norueguesa Ada Hegerberg, autora de três gols em quinze minutos, neste sábado em Budapeste.

Quem abriu o placar foi a alemã Dzsenifer Marozsan (5 min), antes de Ada, primeira vencedora da Bola de Ouro, tomar conta dos holofotes balançando as redes três vezes (15, 21 e 31). O gol de honra do Barcelona foi marcado pela nigeriana Asisat Oshoala (89).

O Barcelona, que disputava pela primeira vez a final da Champions feminina, sofreu um duro golpe, cimentada pela eficiência goleadora das defensoras do título europeu.

Após fazer da solidez defensiva seu pilar para chegar à final, somando sete jogos consecutivos na Champions sem sofrer gols, a equipe catalã se viu completamente dominada pela qualidade das adversárias francesas.

Foram quatro gols em cinco chutes no gol catalão. Este exercício de eficiência foi suficiente para que o Lyon mantivesse seu reinado.

* AFP

 Veja também
 
 Comente essa história